A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

30/11/2012 11:21

“Não deve ter gostado e voltou”, ironiza André sobre mudança de Dagoberto

Fabiano Arruda e Mariana Lopes
Governador diz que PDT tem quadros técnicos que podem ser aproveitados na administração. (Foto: Rodrigo Pazinato)Governador diz que PDT tem quadros técnicos que podem ser aproveitados na administração. (Foto: Rodrigo Pazinato)

O governador André Puccinelli (PMDB) brincou nesta sexta-feira sobre o ex-deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT) ter feito, nos últimos anos, parte de sua base e também ter sido seu adversário político. Neste ano, o pedetista foi vice de Edson Giroto (PMDB) na disputa à Prefeitura de Campo Grande.

“Ele só saiu do meu lado essa vez (2010), quando foi para o lado de lá (foi aliado do PT), não deve ter gostado e voltou”, ironizou, nesta manhã enquanto participava de premiação aos vencedores do VIII Prêmio Sul-mato-grossense de Gestão Pública - edição 2012, solenidade realizada na Governadoria.

Puccinelli comentou sobre a situação ao ser perguntado sobre a acomodação de Dagoberto na Casa Civil. Ele ocupava cargo na Assembleia Legislativa e foi transferido para a Secretaria de Estado de Governo, ontem (29), poucos meses depois da eleição.

O chefe do Executivo Estadual ainda minimizou a nomeação de Dagoberto. Segundo ele, o PDT é um partido respeitado em sua administração e possui quadros com capacidade técnica que podem ser aproveitados no Governo.

Funcionário de carreira do Detran (Departamento de Trânsito de Mato Grosso do Sul), Nogueira vai atuar na pasta para atender prefeitos e outras autoridades do interior, além de auxiliar na articulação de recursos em Brasília (DF).



Ah!!!! agora o nome é "capacidade técnica!"
 
Hilda França em 30/11/2012 11:51:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions