A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

20/02/2010 11:58

Redação

Esperando melhores propostas de aliança para as eleições deste ano, o PTB (Partido Trabalhista Brasileiro), que se mostrava mais inclinado a apoiar a candidatura de Zeca do PT, hoje, de acordo com o presidente do diretório regional do partido, Ivan Louzada, trabalha com a prioridade de lançar candidato próprio.

"Conversei com o pré-candidato Zeca do PT e com o governador André Puccinelli. Ainda é cedo para firmar alianças. Mas, neste momento, o partido se inclina para a candidatura própria porque devemos buscar o que for melhor para o PTB, e não ficar cuidando da vida do PT e do PMDB e esperar pelas suas definições", explica Louzada.

O presidente regional do PTB afirma que o partido não fechou portas a ninguém. "Converso com o PT, com o PMDB e até com o PSDB. O que precisamos é ver o que é melhor para o partido e se possível eleger deputado estadual e ter boa votação na proporcional", explica.

A proposta de candidatura própria, que já havia sido definida em janeiro, foi deixada momentaneamente de lado após conversas entre representantes do PT e do PTB. Sem uma definição concreta, o partido retorna ao seu plano original: lançar o empresário Zelito Ribeiro à disputa ao governo.

"Neste momento o Zelito é mesmo o candidato do PTB e o partido está voltado para esta realidade", garante.

Nesta segunda-feira Ivan Louzada se reúne com representantes do PV e do PC do B para definir alianças de olho na chapa proporcional. Mas, além deste encontro, confirmado pelo presidente do diretório, era esperada uma reunião com o ex-governador Zeca do PT. As conversas como PT continuam, segundo Lousada, mas não há previsão para discussão do assunto.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions