A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

25/02/2013 17:38

A portas fechadas, André e Bernal discutem relação política

Zemil Rocha
Bernal na saída da reunião na Governadoria. (Foto: João Garrigó)Bernal na saída da reunião na Governadoria. (Foto: João Garrigó)

O governador André Puccinelli (PMDB) e o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), estão reunidos neste momento na Governadoria, a portas fechadas, discutindo relacionamento político e institucional. A imprensa ficou do lado de fora.

Um dos temas principais do encontro é a cedência de servidores, que motivou recente crise política entre Puccinelli e Bernal. Após ignorar um ofício do governador pela cedência da servidora Tânia Garib, o prefeito da Capital acabou recuando, diante da possibilidade de André cancelar a disponibilização ao município de 400 funcionários para os Ceinfs.

André e Bernal também discutem na reunião desta tarde convênios, desenvolvimento econômico e social de Campo Grande e governabilidade, já que o prefeito enfrenta problemas com o PMDB, de Puccinelli, e seus aliados na Câmara, onde tem o apoio de apenas 9 dos 29 vereadores.

Para a imprensa, Alcides Bernal deu a entender que o encontro com André, na Governadoria, é um gesto seu de boa vontade. “Faço questão de ir ao gabinete do governador para estreitar os laços institucionais da prefeitura com o Governo do Estado e inclusive vou aproveitar a ocasião para convidá-lo a visitar o nosso gabinete”, disse o prefeito no fim de semana. O encontro lá na Governadoria e não no Paço Municipal, contudo, revela uma fracassada tentativa de Bernal de levar o governador para um “café da manhã” no Paço Municipal, que deveria ter acontecido na última quarta-feira (20).

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...


Kkkkkkk...Boa vontade ou será que valeu o dito: QUEM PODE MAIS CHORA MENOS!
 
Marcilene Dutra em 25/02/2013 17:50:09
Esse Bernal se acha acima do bem e do mau, parece que faz um favor de ir até a governadoria. Essa é obrigação do prefeito que não esta conseguindo até agora colocar Campo Grande nos eixos, a cidade está uma bagunça, em todas as aréas.
 
Juarez Goncalves em 25/02/2013 17:46:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions