A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

06/03/2014 13:39

André busca recursos federais para aumentar vagas em presídios de MS

Bruno Chaves e Leonardo Rocha
Governador participou de evento com a secretária Nacional de Segurança Pública Regina Miki (Foto: Marcos Ermínio)Governador participou de evento com a secretária Nacional de Segurança Pública Regina Miki (Foto: Marcos Ermínio)

O governador André Puccinelli (PMDB) aproveitou a visita da secretária Nacional de Segurança Pública (Senasp), Regina Miki, a Mato Grosso do Sul, para intermediar recursos federais para aumentar o número de vagas em presídios do Estado.

Ele ressaltou que as três novas unidades prisionais que estão sendo construídas em Campo Grande aumentarão em 1.613 a quantidade de vagas. Dois presídios serão masculinos e um feminino (com 407 vagas). Todos são edificados na região da Gameleira.

Além das vagas na Capital, serão criados novos espaços em penitenciárias das cidades de Dourados (500), Rio Brilhante (100), Amambai (100) e Corumbá (100). Ao todo, serão 2.600 novas vagas no Estado.

“Temos 12 mil presos em Mato Grosso do Sul e, no momento, quatro mil vagas. Com essas 2,5 mil vagas, vão faltar apenas quatro mil para o ideal. Existem muitos presos federais em nosso Estado, poderíamos resolver isso com o Governo Federal”, intermediou.

“Ou eles [Governo Federal] mandam recursos para que a gente aumente o número de vagas e chegue até as 12 mil; ou eles construam os próprios presídios federais aqui”, completou.

A comandante da Senasp veio a Mato Grosso do Sul, nesta quinta-feira (6), para participar da entrega de 78 viaturas policiais que serão destinadas às cidades do Estado que estão na região de fronteira. Os recursos utilizados na aquisição dos carros são do Ministério da Justiça e do Estado, por meio do Enafron (Estratégia Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions