A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

27/10/2010 11:31

André condena ataque a prefeito de Alcinópolis sem prova

Redação

O governador André Puccinelli (PMDB) condenou nesta manhã o fato de o vice-prefeito de Alcinópolis, Alcino Carneiro, estar acusando o prefeito da cidade, Manoel Nunes da Silva (PR), de envolvimento na morte de seu filho, o vereador Carlos Antônio Carneiro (PDT), assassinado em uma emboscada.

"Não se deve acusar ninguém sem ter certeza. E se não for o prefeito? Como é que ficam os acusadores? Não se deve explorar politicamente questões pessoais", afirmou, durante encontro com empresários paraguaios, na governadoria.

Puccinelli avisou que vai determinar à polícia a realização de "um inquérito rigoroso" para apurar o assassinato, ocorrido ontem nas proximidades do Hotel Vale Verde, em Campo Grande.

"Você tem certeza que foi o prefeito? Eu não tenho e ninguém tem. Então não se deve acusar ninguém, é ruim isso, está errado, pode ser como pode não ser", comentou.

O governador segue neste momento para o município, onde o corpo do vereador e presidente da Câmara está sendo velado. O velório acontece justamente na casa do pai do vereador, Alcino Carneiro, que é fundador da cidade e que levantou a suspeita sobre o prefeito.

O sepultamento está marcado para ocorrer entre 19h e 20h. O governador segue para o município acompanhado do secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, e dos deputados estaduais Akira Otsubo (PMDB) e Júnior Mochi (PMDB).

Três pessoas já foram presas por envolvimento no crime. A cidade amanheceu de luto oficial e dezenas de pessoas já foram se despedir do vereador.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions