A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Julho de 2018

06/09/2010 12:57

André declara gasto 6 vezes maior que Zeca na campanha

Redação

Candidato à reeleição, o governador André Puccinelli (PMDB) arrecadou R$ 8.286.500,00 para a campanha e já gastou R$ 7.612.561,30, números, respectivamente, 6,2 e 6,6 vezes maiores do que o arrecadado e investido pelo rival Zeca do PT.

Puccinelli recebeu R$ 1,96 milhão de pessoas físicas, R$ 3,936 milhões de empresas e R$ 2,39 milhões de recursos partidários.

Prestação de contas entregue pelos candidatos ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) revela que enquanto o chefe do Executivo repassou milhões aos outros concorrentes da coligação "Amor, Trabalho e Fé"; na coligação "A Força do Povo" foi o ex-governador que recebeu ajuda dos companheiros.

A maior despesa do peemedebista, no valor de R$ 4,522 milhões, foi justamente com doações financeiras a outros candidatos ou comitês financeiros. Ele ainda doou R$ 388 mil em bens ou serviços a candidatos ou comitês.

Já ex-governador Zeca do PT arrecadou R$ 1.335.045,95, sendo apenas R$ 25 mil de empresas e R$ 1.310.045,95 de outros candidatos ou comitês.

Diretamente com a própria campanha, Puccinelli investiu R$ 971 mil com serviços prestados por terceiros e R$ 600 mil com produção dos programas de rádio e televisão, entre outros gastos.

Já Zeca do PT gastou R$ 1.141.847,70 na campanha, incluindo R$ 156.906,75 com publicidade por materiais impressos, R$ 34.976,00 com pessoal e R$ 790 mil com serviços prestados por terceiros.

Ele não doou nada aos outros candidatos ou comitês, nem em dinheiro e nem em bens.

Já Nei Braga (PSOL), de acordo com o sistema de pesquisa do TSE, não entregou sua prestação de contas parcial.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions