A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

21/11/2012 09:31

André diz ser contra criação de taxa, mas deixa decisão para deputados

Fabiano Arruda e Carlos Martins
Governador André Puccinelli disse que possibilidade de criação de taxas em cartórios é Governador André Puccinelli disse que possibilidade de criação de taxas em cartórios é

O governador André Puccinelli (PMDB) declarou, nesta quarta-feira, ser contra a possibilidade de aumento de taxas em cartórios e definiu a medida como antipática. No entanto, deixou a decisão para a Assembleia Legislativa.

Ontem (20), representantes da Defensoria Pública Estadual apresentaram projeto em reunião com os deputados estaduais que sugere reajuste em taxas no intuito de aumentar os recursos para o órgão, que reclama de dificuldades financeiras, reivindicação antiga.

Puccinelli afirmou, durante agenda pública nesta manhã, que não fará “ingerência” sobre o assunto. “Se eles conseguirem convencer os deputados”, condicionou.

Os defensores cobram aumento dos atuais 1,5% da receita corrente líquida repassada pelo Governo do Estado por meio do duodécimo. Eles acreditam que o índice ideal seria de 2,9%.

Custas extrajudiciais, como escrituras ou certidões, sofreriam o reajuste, pela proposta. Ao todo, o mecanismo proporcionaria R$ 6 milhões anuais à Defensoria; R$ 500 mil por mês.

Atualmente, o órgão recebe repasse das transações em documentos que têm valores acima de R$ 50 mil, em que é cobrado um Uferms (R$ 16,80), além de outras 12 entre 100 taxas cobradas pelos cartórios.



Será que estão dormindo ou eu? Para onde está indo a cobrança de multa para soltar preso na Delegacia? O cara comete um crime, paga uma fiança alta e responde em liberdade, faz meses que está acontecendo isso; e o dinheiro se não vai para o judiciário, vai para onde? Pode ter muitos que não prestam atenção a tudo, mas eu estou atento. É muita grana todo dia e pagam a vista para serem liberados.
 
luiz alves em 22/11/2012 08:00:49
Só uma pergunta. Prá que servem os cartórios? Só para tirar nosso dinheiro por serviços que poderiam muito bem serem oferecidos de graça pelos órgãos públicos que já são bem pagos por nós.
 
carlos arantes em 22/11/2012 07:18:51
Concordo com o Sr Paulo Antonio, porquê aumentar??? Se a Defensora quer mais dinheiro, pode buscar de outras fontes, sem onerar o bolso do contribuinte, que sempre se vê as voltas com projetos de aumentos de taxas, impostos, tarifas, etc, e nunca, nunca mesmo, com algo que seja favorável ao seu bolso. O serviço cartorário e caro sim, mas como disse o Tabelião acima, mais da metade vai para a fatia da administração pública.
 
glaci toniasso em 21/11/2012 16:12:53
Quero deixar claro para todos que os Cartórios são contra esse aumento de 5% para repasse para a defensoria pública, depois as pessoas acham que os Cartórios que cobram caro, não sabem que mais da metade dos valores aqui pagos, são taxas que temos que repassar para outros orgãos da administração, inclusive uma parte já vai para a defensoria.
 
Paulo Antonio Serra da Cruz Tabelião e Oficial do Primeiro Oficio em 21/11/2012 11:25:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions