A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Agosto de 2018

10/10/2011 19:48

Antonio Russo destaca os 34 anos de MS em discurso na tribuna do Senado

Edmir Conceição*
Senador Antonio Russo. (Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado)Senador Antonio Russo. (Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado)

O senador Antonio Russo (PR-MS) lembrou nesta segunda-feira, em discurso na tribuna do Senado, os 34 anos de Mato Grosso do Sul, comemorados nesta terça, 11 de outubro. Russo comentou o êxito econômico e social do Estadio e considerou uma decisão acertada ao desmembramento de MT, porque abriu espaços inéditos de desenvolvimento para a região Centro-Oeste.

Russo citou números para destacar a pujança de MS como importante produtor agroindustrial. “Nosso Estado hoje produz 10 milhões de toneladas de grãos por ano, 40 milhões de toneladas de cana-de-açúcar. Nosso rebanho tem a melhor genética do país, com de 22 milhões de cabeça de gado. Temos uma ampla estrutura de serviços. Nosso parque industrial tem crescido a taxas importantes e estamos cada vez mais assumindo um papel relevante no cenário nacional”, afirmou. Ele também ressaltou a transformação na infraestrutura do estado ocorrida nos últimos anos.

Russo fem menção a três projetos estruturantes que estão em andamento: A federalização da MS-40 (ligação entre Campo Grande - Santa Rita do Pardo- Brasilândia); o Poliduto, ligando Mato Grosso do Sul ao Paraná; e o ramal ferroviário norte-sul ligando Aparecida do Taboado, Três Lagoas, Brasilândia, Bataguassu, Nova Andradina, Dourados, Maracaju, Jardim até Porto Murtinho, fazendo a integração entre Dourados e Mundo Novo.

Para Russo, estas realizações transformarão a economia local, promovendo incrementos significativos de urbanização, integração e valorização da cidadania. “Estamos nos preparando para ser uma das melhores unidades da federação”.

Antonio Russo, ainda disse ser paulista de nascimento e sul-mato-grossense de coração, afirmando que chegou ao município de Nova Andradina há 40 anos. “Conforme fui acompanhando a história do Estado, meus vínculos afetivos foram crescendo. Hoje, posso dizer que não existe terra melhor para se viver”.

Açougueiro - O senador também prestou homenagens a duas categorias profissionais. A de engenheiro agrônomo, que comemora seu dia em 12 de outubro e a de açougueiro, cujo dia é celebrado em 09 de outubro.

Antonio Russo contou que começou a vida como açougueiro. “Trabalhei com muita garra e dedicação. Tive audácia e criei grandes oportunidades empresariais. Consegui de açougueiro virar empresário, pecuarista. Fui exportador e pioneiro na abertura da venda de carne brasileira para países do oriente médio. Quero ressaltar, no entanto, que foi lá no início - atrás de um balcão - que observei e aprendi sobre as pessoas. Por isso me orgulho em dizer que comecei a vida como açougueiro e presto minhas homenagens a esta importante categoria aqui hoje neste Plenário do Senado”.

Em relação aos engenheiros agrônomos, Antonio Russo saudou a categoria pela “imensa contribuição que deu à modernização da agricultura brasileira”.

O discurso do senador Antonio Russo foi parabenizado em apartes dos senadores Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), Alvaro Dias (PSDB-PR), Ana Amélia (PP-RS) e Aníbal Diniz (PT-AC)

(*) Com informações de Raquel Medeiros/Assessoria de imprensa



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions