A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

03/04/2013 16:47

Após ameaçar chamar Bernal, Câmara reconvoca dois secretários

Zemil Rocha
Grazielle disse que atendeu pedido de Alex para reconvocar secretários (Foto: Divulgação)Grazielle disse que atendeu pedido de Alex para reconvocar secretários (Foto: Divulgação)

Depois de ter se considerado desacatada pelo ausência do supersecretário de Receita e de Governo, Gustavo Freire, em reunião da Comissão de Finanças e Orçamento realizada no dia 19 de fevereiro, e ameaçar convocar o prefeito Alcides Bernal (PP), a Câmara de Campo Grande resolveu dar nova chance aos assessores do chefe do Executivo e poupar o pepista do constrangimento de ter que dar explicações na sede do Legislativo Municipal. A Comissão aprovou hoje a reconvocação dos secretários municipais Wanderley Ben Hur, responsável pela pasta de Planejamento e Finanças, que havia comparecido da primeira vez e Gustavo Freire.

“Resolvemos dar uma segunda chance a pedido do líder do prefeito na Casa, vereador Alex do PT”, informou a presidente da Comissão de Finanças e Orçamento, Grazielle Machado, anunciando que a reunião deverá ocorrer na próxima segunda-feira (08), às 15h, no Plenário Edroim Everdito.

A reunião deveria ter ocorrido no dia 19, mas Freire enviou ofício aos vereadores informando que não poderia comparecer e alegando ainda que os temas elencados não diziam respeito à sua pasta, que estaria voltadas apenas à arrecadação tributária. Em seguida, o secretário voltou atrás e confirmou participação, mas não chegou no horário determinado e, por isso, a audiência foi cancelada. Na ocasião, o clima ficou tenso, com o líder do prefeito, vereador Marcos Alex Azevedo de Melo, o Alex do PT, ameaçando entrar na Justiça contra a decisão da Comissão, e o presidente da Câmara de Campo Grande, Mario Cesar (PMDB), chegou dizer que haveria convocação do prefeito por “falta de respeito” do Executivo Municipal.

O tom mais duro acabou sendo superado alguns dias depois, com os vereadores falando em “convite” ao prefeito, que chegou até a se prontificar a ir à Câmara. Agora, nova oportunidade é dada aos secretários. "Através do vereador Alex do PT, nos foi solicitado essa abertura de diálogo. Estamos colocando essa segunda chance. E, esperamos que essa confiança seja recíproca com a presença dos dois secretários", afirmou Grazielle Machado.

Os dois secretários deverão esclarecer quais foram os motivos do cancelamento de licitações, seguidas de várias contratações de serviços em caráter emergencial, o remanejamento de verbas (mais de R$ 20 milhões) sem aval do Poder Legislativo e a alegada falta de previsão orçamentária para o reajuste de 22% concedido aos professores da Capital.

 



Será que vale a pena comentar alguma coisa séria... O POVO QUE LEVA O PREJUIZO!
 
Katia Pereira em 04/04/2013 09:42:41
se algum dia eu fosse prefeito colocaria esse Alex do PT como meu líder,por que o que esse cara ta tomando porrada e ta vendo que o barco ta afundando ele ainda é ta defendendo esse bernal que não é mole henn.kkkkkkkkkkkkkkkkk
 
danilo martins em 03/04/2013 20:40:20
esses vereadores são uma piadaaaaaaaaa.......esse alex então kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
 
Delmario Guimaraes de Araujo em 03/04/2013 18:37:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions