A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

14/03/2010 10:34

Após viagem, Lula define participação na campanha em MS

Redação

As direções nacionais do PT e do PMDB começam a definir só na próxima semana, após o retorno do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) da viagem ao Oriente Médio, as regras da campanha eleitoral deste ano entre os dois partidos.

Mato Grosso do Sul é um dos estados que preocupam o presidente, que espera contar com o apoio do governador André Puccinelli (PMDB) à pré-candidata a presidente da República, Dilma Roussef (PT).

Lula e os presidentes do PT, José Eduardo Dutra, e do PMDB, Michel Temer, vão definir como ficará a participação do presidente da República e de Dilma na campanha em estados com dois palanques.

O objetivo é acertar se Lula subirá nos dois palanques ou gravará mensagens de apoio aos dois candidatos ou se apenas Dilma aparecerá nos horários eleitorais pedindo votos para os aliados.

Além de Mato Grosso do Sul, onde Zeca do PT deverá enfrentar Puccinelli, o PMDB e o PT deverão ser adversários na esfera estadual com uma única candidata a presidente no Pará, na Bahia e no Rio Grande do Sul.

Apesar do cenário, o governador sul-mato-grossense adiantou que só deverá definir o seu candidato a presidente em maio. Ele espera contar com o apoio do PSDB, do DEM e do PPS, que rejeitam, terminantemente apóia-lo se ele subir no palanque de Dilma Roussef.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions