A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

13/12/2016 12:31

Assembleia confirma arquivamento da CPI que investigaria fantasmas

Paulo Nonato de Souza e Leonardo Rocha
O presidente da AL, Junior Mochi, confirmou que a missão de investigar servidores fantasma na AL ficará com o MPE (Foto: AL)O presidente da AL, Junior Mochi, confirmou que a missão de investigar servidores fantasma na AL ficará com o MPE (Foto: AL)

A CPI dos Fantasmas nem chegou a ser instalada e será mesmo arquivada na Assembleia Legislativa. A decisão pelo arquivamento foi anunciada nesta manhã pelo presidente da Casa, deputado Junior Mochi (PMDB).

Segundo ele, uma reunião com a participação de todos os parlamentares que assinaram pela criação da CPI celou o destino do requerimento apresentado em outubro deste ano pelo deputado estadual Marquinhos Trad (PSD), prefeito eleito de Campo Grande.

Mochi declarou que os deputados chegaram a um acordo pelo arquivamento depois que o MPE (Ministério Público Estadual) abriu um procedimento para apurar eventuais servidores fantasmas na Assembleia.

“Nada melhor do que deixar para o MPE, um órgão de respeito e credibilidade, investigar essa questão. Já recebemos pedido de informações do Ministério Público sobre controle de ponto e jornada de trabalho dos servidores nos últimos cinco anos, e a Assembleia vai cumprir seu papel enviando esses documentos e tudo que o MPE requisitar”, garantiu.

Marquinhos Trad apresentou a proposta de abertura da CPI, depois de ter sido acusado na campanha eleitoral de receber salário da Assembléia Legislativa sem trabalhar, e seu requerimento previa investigação sobre servidores fantasmas e nepotismo nos últimos 30 anos, ou seja, no periodo entre 1986 e 2016.

“Por essa razão a CPI não andou aqui na Casa. Não seria possível investigar o histórico de todos os servidores dos gabinetes dos deputados que passaram pela Assembléia nos últimos 30 anos, e mesmo que fosse possível encontrar alguma irregularidade com certeza isso já estaria prescrito”, comentou Junior Mochi.

Gaveta está pronta para receber a CPI dos Fantasmas
Ubernal – A internet não perdoa. “Sabe o que tinha que ser proibido de andar na cidade? Ubernal”. O ‘meme’ começou a circular ontem, dias depois de o...
CPI dos Fantasmas pode não sair do papel, admite Junior Mochi
O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Júnior Mochi (PMDB), aponta que a criação da CPI dos Fantasmas no Legislativo deve ser definida até ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions