A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

23/05/2013 18:01

Assembleia vai trancar pauta em solidariedade a fazendeiros e índios

Aline dos Santos
Jerson Domingos vai levar proposta ao governo federal. (Foto: Wagner Guimarães/ALMS)Jerson Domingos vai levar proposta ao governo federal. (Foto: Wagner Guimarães/ALMS)

Os deputados estaduais anunciaram hoje que não vão votar projetos até levar ao governo federal proposta sobre o conflito fundiário em Mato Grosso do Sul.

“Essa proposta foi acatada pelos 24 deputados. É um gesto de solidariedade, não só para com os fazendeiros. Mas também aos indígenas. Os dois lados sofrem”, afirma o presidente da Assembleia Legislativa, Jerson Domingos (PMDB).

A ação de trancar a pauta já pode ser revertida na terça-feira, data da próxima sessão. Segundo Jerson, os senadores Waldemir Moka (PMDB), Delcídio Amaral (PT) e Rubens Figueiró (PSDB) estão articulando reunião com a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann. Desta forma, no dia 28, os 24 deputados seguem para Brasília.

O presidente da Assembleia Legislativa vai propor que a União utilize terras oriundas do narcotráfico. “São 32 mil hectares”, afirma Jerson Domingos, que na tarde desta quinta-feira foi para Sidrolândia. No município, os índios terenas invadiram a fazenda Buriti, que pertence ao ex-deputado Ricardo Bacha.



Fica cada vez mais claro duas coisas: primeiro, índios e proprietários são vítimas de um hábil manipulação para jogá-los uns contra os outros: segundo, o governo não resolve a questão porque não quer, pois se tem dinheiro(+de bilhão) para porto em Cuba e verba secreta para Cuba e África, poderia comprar terras para índios. Mas aí cairia a máscara, pois eles se tornaram cidadãos urbanos e não tocadores de roça ou lavoura. Vejam o caso dos cadiwéus, todos que receberam gado e fazendas montadas(doze), nenhuma prosperou, o gado foi todo comido. Em Sidrolândia, uma área invadida com 1200 pés de laranja, foi arrendada para gado e o laranjal depredado. Depois, os manipuladores recebem verbas do exterior para promover as "retomadas". As autoridades sabem disso e não resolvem. Quem lucra com isso?
 
Valfrido M. Chaves em 23/05/2013 18:50:30
Ja que o Deputado defende que se use as terras apreendidas dos narcotraficantes, porque não aproveitar e usar também as obtidas com o jogo do bicho e corrupção? Ah mas aí pode prejudicar muita gente (de bem kkkkk)
 
Marcos Rodrigues Silva em 23/05/2013 18:26:25
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions