A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

02/06/2014 00:07

Assessores de Bernal são detidos por ameaças em culto da vitória de Olarte

Edivaldo Bitencourt, Mariana Lopes e Kleber Clajus

Dois assessores do ex-prefeito Alcides Bernal (PP) foram detidos por guardas municipais e autuados por ameaça durante o culto da vitória, realizado na noite deste domingo (1) pelo prefeito da Capital, Gilmar Olarte (PP). Eles foram encaminhados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga, onde foi lavrado a queixa e liberados.

Segundo Olarte, ele participava do culto na Assembleia de Deus Nova Aliança, no Jardim Tijuca, na noite de hoje, quando Silvano Carvalho e um outro homem identificado apenas como Salem, chegaram e começaram a causar tumulto. Dois pastores vieram de Marília (SP) para participar do culto da vitória na igreja fundada por Olarte.

O prefeito destacou que os dois queriam causar tumulto. A Polícia Civil disse que os dois ameaçaram os guardas municipais, que faziam a segurança do local e foram detidos e encaminhados à delegacia.

“Foi uma ação desesperada no sentido de se fazer notar, não mudou em nada a normalidade do culto”, destacou Olarte.
Carvalho vive usando o Facebook para defender Bernal e atacar os adversários do prefeito cassado na noite de 12 de março deste ano.

Já o segundo seria Salem Pereira Vieira, que foi preso na operação do Gaeco em abril deste ano. Ele seria ligado a Ronan Edson Feitosa, que foi assessor no gabinete do vice –prefeito e chegou a ser preso na mesma operação.

O Campo Grande News também tentou falar com a Guarda Municipal, mas ninguém atendeu as ligações no telefone 199.

 

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions