A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

27/05/2013 19:28

Bacha defende pressão política contra invasões e lembra Vandré

Zemil Rocha e Viviane Oliveira
Bacha: Quem sabe faz a hora, não espera acontecer (Foto: Arquivo)Bacha: "Quem sabe faz a hora, não espera acontecer" (Foto: Arquivo)

O fazendeiro e ex-deputado estadual Ricardo Bacha ocupou a tribuna durante sessão na Assembleia Legislativa nesta segunda-feira para defender intensa pressão política para que o governo da presidente Dilma Roussef resolva, de vez, o problema da demarcação das terras indígenas no Estado.

“Que se tranque a pauta da Assembleia Legislativa, que se tranque a pauta do Congresso Nacional para que o governo federal entenda de uma vez por todas que precisa resolver a questão da demarcação de terras”, afirmou Bacha, que vem enfrentando há anos invasões de suas propriedades rurais, a última no dia 18 de maio.

Um trecho da música de Geraldo Vandré, muito cantada durante a época da ditadura militar pelos movimentos de esquerda, foi citado por Bacha para enaltecer a importância da mobilização dos produtores rurais: “Quem sabe faz hora, não espera acontecer”.

Antes de ser deputado estadual, presidente da Enersul e candidato a governador pelo PSDB, Ricardo Bacha teve atuação política de esquerda e chegou a construir ligação estreita com lideranças do antigo PCB (Partido Comunista Brasileiro), na época em que as forças democráticas lutaram pela superação da ditadura militar.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions