A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

10/03/2015 20:35

Barusco diz na CPI da Petrobras que dinheiro de propina será repatriado

Luciano Nascimento, da Agência Brasil
Ex-gerente  da  Petrobras disse na CPI que recebeu US$ 97 milhões, dos quais cerca de US$ 70 milhões eram  de  propina. (Foto: Divulgação)Ex-gerente da Petrobras disse na CPI que recebeu US$ 97 milhões, dos quais cerca de US$ 70 milhões eram de propina. (Foto: Divulgação)

Após ter reafirmado que recebeu quase US$ 100 milhões de pagamento de propinas entre 1997 e 2013, o ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco disse, em depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, que já está contribuindo com a Justiça para que o dinheiro “seja repatriado”.

“Encaminhei todos os extratos, e esse dinheiro será repatriado”, afirmou Barusco. Ele disse aos deputados que amealhou US$ 97 milhões no período em análise. Do total, cerca de US$ 70 milhões eram efetivamente de propinas, e o restante, US$ 27 milhões, de rendimentos financeiros.

A quase totalidade do dinheiro foi recebida no exterior, em contas espalhadas nos bancos HS Republic, HSBC, Safra, Cramer (da Suíça), Royal Bank of Canada e Delta. Ele afirmou ainda que os bancos sabiam que a origem do dinheiro era ilícita.

A sessão da CPI para colher o depoimento de Barusco durou mais de seis horas. Ele reafirmou que o pagamento de propina começou em 1997, ainda no governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Evitou, porém, detalhar como ocorria o pagamento de propina nesse período.

Durante a oitiva, Barusco disse ainda estimar que o volume de dinheiro movimentado por João Vaccari Neto, tesoureiro do PT, foi de US$ 150 milhões a US$ 200 milhões.

 

Câmara vai homenagear 84 pessoas em sessão do aniversário de 118 anos
A Câmara Municipal de Campo Grande vai homenagear 84 pessoas em sessão solene na próxima quarta-feira (dia 23). Na ocasião, a partir das 19h, serão ...
Moreira Franco: MP das Rodovias dará segurança jurídica e resolverá problemas
O ministro da Secretaria Geral da Presidência, Moreira Franco, afirmou que a MP das Rodovias vai garantir condições de investimento nas concessões at...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions