A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

21/05/2013 09:58

Bernal envia projeto 2 vezes com erro e libera servidores para lotar Câmara

Aliny Mary Dias e Jéssica Benitez

Cerca de 200 servidores da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) lotam a sessão desta terça-feira (21) na Câmara de Vereadores para pressionar os parlamentares a aprovar o projeto que propõe reajuste entre 7,5% e 18%, enviado por Alcides Bernal (PP). Eles foram liberados do trabalho na Sesau pelo próprio prefeito para acompanhar a sessão.

Dois projetos foram encaminhados pelo prefeito para votação na Câmara desde a noite da última sexta-feira (17). O primeiro chegou com erro, outro teve de ser enviado e novamente apareceu com falhas, segundo o vereador Airton Saraiva (DEM).

“O erro é que não veio o valor do plantão do pessoal de odontologia e enfermagem e mesmo que não haja alteração do plantão, o valor deve constar no projeto”, afirma.

A expectativa era de que o prefeito acompanhasse a sessão de votação desta manhã, mas segundo o líder de Bernal na Câmara, Marcos Alex, o prefeito preferiu não comparecer e então liberou os servidores da Sesau para acompanhar a aprovação.

“Ele falou que viria, mas ligou dizendo que não vem porque ele achou melhor deixar os vereadores a vontade. Ele não quer causar constrangimento”, afirma o vereador.

Segundo o presidente do Sisem (Sindicato dos Servidores e Funcionários Municipais de Campo Grande), Marcos Tabosa, apesar de outro erro no projeto, o sindicato afirma não haver problemas caso a votação tenha que ser transferida para a próxima quinta-feira.

Na proposta da prefeitura, os reajustes vão de 7,5% a 18%. Para os servidores com ensino fundamental e médio, o reajuste será de 18%. Já para aqueles com ensino superior completo o aumento será de 7,5%, com exceção dos médicos, que terão reajuste de 15%.

A expectativa é que os servidores já sejam contemplados com o aumento no próximo pagamento de junho.

Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...


O AUMENTO DEVERIA SER IGUAL AOS DOS VEREADORES!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! MAIS DE 60%.
 
Simone ferreira de siqueira em 21/05/2013 14:57:39
Exelente! parabens prefeito tenho certeza que com isso humores e trabalhos iram render bem mais e grande parte da populaçao ira ficar satisfeito,pois quem nao gosta de ser valorizado e reconhecido em seu trabalho!!!!
 
giovana thais cordeiro sanches em 21/05/2013 10:45:42
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions