A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Agosto de 2017

13/01/2015 13:06

Bernal lança pré-candidatos e confia em retorno a Prefeitura da Capital

Kleber Clajus
Bernal apresentou nomes de pré-candidatos em reunião estadual do partido (Foto: Marcos Ermínio)Bernal apresentou nomes de pré-candidatos em reunião estadual do partido (Foto: Marcos Ermínio)

Seis pré-candidatos a prefeito foram apresentados, nesta terça-feira (13), durante encontro regional do Partido Progressista, em Campo Grande. Alcides Bernal, que preside a sigla no Estado, também expressou confiança de que decisão judicial possa reconduzi-lo ao comando da Capital, ainda neste ano.

“Temos potencial, até porque nós não fechamos as portas para alianças. Vamos conversar com todas as agremiações partidárias. Onde der para lançar candidatos, vamos lançar e nosso objetivo é conquistar a prefeitura de Dourados, Corumbá e Bela Vista através de nossos quadros ou alianças”, comentou Bernal, durante evento no Hotel Advanced.

Integram lista de pré-candidatos Evander Vendramini (vereador de Corumbá), Vírginia Magrini (vereadora de Dourados), Douglas Gomes (vice-prefeito de Bela Vista), Fátima Malaquias (vice-prefeita de Camapuã), Adão Cavalieri (liderança de Miranda) e Elvio Meza Bernal (primo de Bernal e suplente de vereador em Rio Negro).

Por mais que negue nova tentativa de ser prefeito, Bernal pontuou que antes quer cumprir o mandato interrompido por sua cassação, em março de 2014. “Tenho certeza que eu volto para cumprir o mandato e não penso em reeleição”.

A esperança do progressista se apoia em ações judiciais, ainda em tramitação, no TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) e STJ (Superior Tribunal de Justiça). Na corte estadual, apenas um dos dois processos em análise tem data marcada: 27 de janeiro.

Entre os filiados, a cobrança é por uma decisão mais rápida. “A justiça anda a passos de tartaruga”, criticou o vereador Derly dos Reis, o Cazuza. Já a ex-secretária da gestão Bernal, Ritva Vieira, relembrou que “há 10 meses o Judiciário deve uma resposta e quero crer que a injustiça não vai prevalecer”.

Afastados – Na reunião desta terça-feira também foi confirmado o afastamento do prefeito Gilmar Olarte dos quadros do partido.

Ele integra a sigla, conforme Bernal, por força de liminar e seu afastamento se justifica por “postura antiética e antipartidária”, ao apoiar adversários nas eleições do ano passado. Olarte nega ter recebido comunicação oficial, mas avalia opções em convites do PSC, PR, PSD, PTB, PRTB e PSDB.

Destino semelhante podem ter o vereador Waldecy Chocolate e o professor Cézar Afonso, indicado por Olarte para comandar o PP, mas que fracassou em suas tentativas junto ao comando nacional da sigla.

Justiça Federal determina que bens de ex-prefeita sejam bloqueados
Cinco pessoas, entre elas a ex-prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura, estão na lista em que a Justiça Federal determina o bloqueio de bens sob acusaç...
Maia diz que retomará votação sobre reforma política na próxima terça-feira
Após dar início à votação da Proposta de Emenda Constitucional da reforma política, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encerrou a sessão ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions