A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

05/02/2013 07:41

Bernal vai aos Correios para lançamento de campanha contra dengue

Aline dos Santos

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), participa hoje, a partir das 8h, do lançamento de campanha contra a dengue. Por meio de parceria com os Correios, os carteiros vão distribuir 50 mil panfletos com orientações sobre o combate à doença.

O material informativo foi produzido pelo Ministério da Saúde. A campanha será lançada na Central de Distribuição, localizada na Barão do Rio Branco, em frente ao antigo terminal rodoviário.

Em sua página no Facebook, o prefeito anunciou que vai ao CCI (Centro de Convivência do Idoso) Vovó Ziza e fiscalizar a situação dos Ceinfs (Centros de Educação Infantil). À tarde, Bernal acompanha, no TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), o julgamento da ação que pede o despejo dos vereadores.

Prefeitura vai contratar 159 temporários para mutirão da dengue
A Prefeitura de Campo Grande abriu contratação de 159 servidores temporários para trabalhar no mutirão da dengue. Os funcionários serão contratados p...
Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...


Já passou da hora de encerrar lançamento de campanhas. Queremos os trabalhadores, maquinas e caminhões limpando terrenos, residências mal cuidadas e ruas. É situação de emergência, portanto, a prefeitura pode e deve adotar medidas mais agressivas contra a dengue. Contrate trabalhadores temporários, alugue mais máquinas e caminhões para o trabalho. Os agentes de saúde que estão na cidade inteira podem informar onde há terrenos baldios. Desburocratize essa informação para que a ação chegue mais rápido. O grande entrave é que as ações são mais lentas que a reprodução do mosquito.
 
Maria Pereira em 05/02/2013 08:20:39
Chega de lançamento de campanha, Queremos ver os trabalhadores, caminhões e máquinas do município recolhendo possíveis criadouros do mosquito, limpando terrenos baldios, multando os donos desses terrenos e também donos de residências que não cuidam do seu quintal. Queremos ver a limpeza das margens dos córregos, É uma situação de emergência, portanto, se for necessários contrate trabalhadores temporários para limpar a cidade. Chega de imprimir, gastando papel e tinta. Todos já sabem como fazer. Se não fazem o poder público faz e cobra. É questão de saúde pública.
 
Maria Pereira em 05/02/2013 08:08:16
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions