A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Abril de 2018

10/03/2010 11:14

Bloco tem opiniões diversas sobre candidatura de Murilo

Redação

Líderes do BDR (Bloco Democrático Reformista), formado por DEM, PSDB e PPS, têm opiniões diversas sobre a candidatura do democrata Murilo Zauith ao Senado.

Na opinião do deputado estadual Zé Teixeira (DEM), seu companheiro de partido deveria continuar integrando a chapa encabeçada por André Puccinelli (PMDB) como vice-governador.

"Desta forma, o Murilo permaneceria representando bem a região de Dourados sem ter que disputar a eleição voto a voto", detalhou.

Para o parlamentar, a popularidade do senador Delcídio do Amaral (PT) e o fato de Waldemir Moka ser o candidato de Puccinelli ao Senado são riscos ao projeto político de Murilo.

O presidente regional do PSDB, deputado Reinaldo Azambuja, têm opinião diferente a respeito do assunto.

Em sua opinião, Murilo têm muito peso político em Dourados e todas as condições de disputar o Senado, mesmo com Moka e Delcídio no páreo.

"Além de estar muito bem em Dourados, ele também tem muito voto em Campo Grande", disse.

Reinaldo também ressaltou que nenhuma eleição "está ganha antes dos votos serem apurados".

"Quem diria que o próprio Delcídio ganharia a eleição para o Senado e que o ex-governador Pedro Pedrossian perderia?", questionou.

Ontem, o Campo Grande News apurou que André já costurou acordo com a prefeita de Três Lagoas, Simone Tebet, para que ela seja sua candidata a vice.

O nome de Murilo também já estaria definido para a segunda vaga ao Senado.

Ele disse, no entanto, que só aceita ser candidato na chapa de André se o governador apoiar José Serra (PSDB) para a presidência da República.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions