A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

31/07/2018 10:18

Bolsonaro aparece em 1º lugar para presidente, aponta pesquisa

Levantamento estimulado não colocou como opção o ex-presidente da República, Lula

Mayara Bueno

Levantamento do instituto Paraná Pesquisas aponta que, se a eleição fosse hoje, Jair Bolsonaro (PSL-RJ) venceria a disputa para presidente da República com 23,6% dos votos. Também chama atenção o percentual de quem não votaria em nenhuma das opções, 24,7% dos que responderam a consulta.

Os eleitores questionados foram submetidos à pesquisa estimulada, ou seja, quando são colocados nomes de possíveis candidatos e a pessoa escolhe uma das opções.

Neste cenário, Marina Silva (Rede) teria 14,4% da preferência, seguido de Ciro Gomes (PDT) com 10,7% e Geraldo Alckmin (PSDB) com 7,8%. Álvaro Dias (Podemos) surge em 5º com 5%; Fernando Haddad (PT), 2,8%; Manuela D´Ávilla (PC do B), 1,7%; Henrique Meirelles (MDB), 1,1%; Guilherme Boulos (PSOL) e João Amoêdo (Novo), com 1%, cada um.

Somou 0,8% Levy Fidelix (PRTB), enquanto Paulo Rabello de Castro (PSC) e Vera Lúcia (PSTU) ficaram com 0,4%, cada um dos candidatos. Os que não sabem em quem votar representam 4,7%.

Em outro aspecto, foi incluído o nome do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Se a eleição fosse hoje, Lula seria o novo presidente do País, com 29% da preferência do eleitor brasileiro. Bolsonaro vem com 21,8% e, em seguida, Marina Silva, com 9,2%.

Avaliação - A pesquisa também perguntou aos eleitores sobre a administração do atual presidente da República, Michel Temer (MDB). O índice de desaprovação chegou a 87,4% e quem aprova soma 9,1%. Não sabe ou não opinaram, 3,6%.

Para chegar a estes percentuais, o levantamento perguntou se a gestão está "ótima, boa, regular, ruim ou péssima?" e, se de uma maneira geral, os eleitores aprovam ou desaprovam a administração até o momento.

O levantamento ouviu 2.240 eleitores nos 26 estados e Distrito Federal e em 170 cidades brasileiras entre 25 a 30 de julho de 2018. A pesquisa está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-00884/2018.

Arte: Ricardo OliveiraArte: Ricardo Oliveira


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions