A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Janeiro de 2019


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


09/02/2018 06:00

Bolsonaro atrai poucos políticos durante visita

Marta Ferreira

Poucos – Chamou atenção durante a visita de Jair Bolsonaro a Dourados, nesta quinta-feira, a ausência de políticos. Um dos poucos era o ex-deputado estadual Coronel David, entusiasta de Bolsonaro já há bastante tempo. De representantes da política douradense, foram poucos.

Quem levou – Nem por isso a visita deixou de ser prestigiada. A carreata barulhenta tinha, segundo os responsáveis, mais de 200 veículos. O movimento foi liderado por Rodolfo Nogueira, produtor ligado ao movimento Direita Brasil.

Memória - Rodolfo, para quem não conhece, ao lado do coronel Davi, é um dos mais entusiásticos defensores da candidatura Bolsonaro. Ele é estreante na vida política-partidária.

“Todo mundo” – Indagado sobre um eventual ministério, o escolhido pelo PSL para disputar a presidência da República disse que já sabe apenas que na Defesa colocará um “general com estrelas”. Os outros cargos, afirmou, “podem ser ocupados por mulheres, por afro descendentes e por gays”. "Tem é que dar conta do recado".

Muro - Bolsonaro evitou polemizar só quando falou de Bolsa-Família. Afirmou apenas que é preciso rediscutir o programa de distribuição de renda. Uma das necessidades, segundo ele, é que seja uma ação emergencial.

Fico – A vereadora Darleng Campos reclamou de pressão para ser oposição dentro de seu partido, o PP, mas disse ontem, durante a sessão, que por enquanto não cogita deixar a legenda comandada por Alcides Bernal. Ela afirma que convites não faltam.

Pelo menos três – Entre os partidos, a parlamentar cita o PSDB, do presidente da Casa, João Rocha, o MDB do ex-governador André Puccinelli e o PSD de Marquinhos Trad. Ela diz que não sai por achar que “as coisas vão se resolver”.

Pré-Carnaval – As sessões de ontem foram rapidinhas tanto na Assembleia Legislativa quanto na Câmara dos Vereadores de Campo Grande. Na Legislativo Estadual, faltou quórum para votar um projeto sobre a eleição da chefia do MP. Na Câmara, deu 11h15 e os trabalhos já tinham encerrado e os vereadores desejado “bom Carnaval e até a próxima quinta”.

Expansão - Menos de um ano depois de começar a produzir a cerveja Bamboa, em Campo Grande, o grupo responsável anunciou ontem que vem aí uma segunda marca, a Moema. Dessa vez, não será puro malte, como a primeira, o que no mercado cervejeiro é considerado um tipo de bebida para o gosto mais popular.

Experiência - A cervejaria, a primeira em nível industrial da cidade, tem no seu DNA um ex-executivo de uma das maiores fabricantes nacionais. José Antônio Avesani Junior, que durante anos trabalhou na Brahma. 

(Com Mayara Bueno, Humberto Marques, Helio de Freitas e Kleber Clajus)

 

E a Zara? Fecha ou não fecha no dia 31?
Enrosco - Depois de comunicar a todos os clientes que fecharia as portas em Campo Grande, a rede de lojas Zara anunciou que voltou atrás e vai contin...
Briga por gabinete é causa "interna corporis"
É com vocês – O desembargador Eduardo Rocha negou pedido do futuro deputado João Henrique Catan (PR) para obrigar a Mesa Diretora da Assembleia Legis...
Direita contra a direita
Última a saber - A senadora Soraya Thronicke estava tranquila na China e, só ao ser entrevistada na manhã de ontem (17), ficou sabendo o quanto era e...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions