A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Julho de 2018

24/05/2017 20:17

Câmara aprova MP que revisa benefícios do INSS por incapacidade

Idiana Tomazelli e Igor Gadelha ( Estadão Conteúdo)

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, 24, a medida provisória (MP) que estabeleceu revisão nos benefícios do INSS concedidos por incapacidade. Pelos cálculos do Ministério do Desenvolvimento Social, a economia calculada com as revisões é de R$ 1,36 bilhão ao ano.

A MP foi a segunda que o governo conseguiu aprovar nesta noite em votação simbólica, sem resistência da oposição. Em protesto contra a convocação das Forças Armadas para reprimir manifestantes que protestaram contra o presidente Michel Temer hoje, a oposição deixou o plenário e não participa das votações

Para aprovar a MP do INSS, o governo distribuiu material para parlamentares em que lista vantagens da medida e alega "significativa perda financeira e gastos previdenciários com benefícios indevidos" se a MP não fosse aprovada. A proposta caducaria em 1º de junho e ainda precisa passar pelo Senado.

O material distribuído pelo governo mostra que, das 87,5 mil perícias já realizadas, 66,74 mil benefícios foram cessados após a verificação, o que representa 73%. Ainda existem 1,71 milhão de benefícios a serem revisados, entre auxílios-doença e aposentadorias por invalidez, que representam um gasto anual de R$ 34,7 bilhões.

Dos 530,2 mil auxílios-doença que ainda precisam passar por perícia, o governo projeta reversão de 60% dos benefícios. No caso da aposentadoria por invalidez, a cessação esperada é de 5% dos 1,18 milhão de benefícios. Para a realização das revisões, o governo instituiu na MP um bônus de R$ 60,00 por perícia extraordinária realizada pelos médicos do INSS.

Com revisão de benefícios, Previdência paga R$ 9,8 milhões no Estado
Até a próxima segunda-feira (dia 8), o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) depositará o total de R$ 9,8 milhões a 1.121 beneficiários de Mato ...
Governo vai convocar 28 mil segurados do INSS no Estado para revisão
O Ministério do Desenvolvimento Social aumentou o número de benefícios do INSS (Instituto Nacional do Seguro Nacional) que serão revisados em Mato Gr...
DEM vai caminhar com Alckmin, mas permanece na estaca zero no Estado
No Democratas se consolida aliança com o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB), enquanto em Mato Grosso do Sul o cenário permanece incerto pela inseg...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions