A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

19/05/2009 16:44

Câmara cria "cotão" e unifica benefícios dos deputados

Redação

Novo sistema de pagamento das verbas parlamentares foi anunciado hoje pela Mesa Diretora da Câmara dos Deputados. Trata-se do "cotão", que unifica numa única verba os benefícios pagos aos parlamentares para despesas com passagens aérea, correio, telefones, além da chamada verba indenizatória (manutenção de escritórios nos Estados).

O "cotão", segundo a Folha Online, vai variar de R$ 23 mil a R$ 34 mil, dependendo do Estado de origem do deputado.

A medida foi criada após a Câmara anunciar que iria fazer uma reforma administrativa e reestruturar seus gastos.

O cotão, entretanto, não representa nenhuma economia nas verbas pagas aos deputados. Apenas unifica o pagamento.

A principal novidade do "cotão" é a flexibilização da administração dos gastos com benefício.

O parlamentar terá liberdade para movimentar os valores, podendo, por exemplo, empregar na divulgação do mandato parlamentar parte do limite disponível para despesas com gasolina.

Pelo novo sistema, que passará a funcionar a partir de 1º de julho, os parlamentares poderão utilizar os recursos da cota por um ano e não haverá mais antecipação dos valores. Os deputados terão o prazo de três meses para apresentar as notas fiscais e pedir o reembolso.

Os deputados poderão escolher se usarão ou não um cartão de crédito a ser disponibilizado - a partir de setembro - para movimentar o cotão. A medida é opcional para evitar resistências à proposta. Esse cartão não poderá ser usado para saques.

O cotão, no entanto, não incluirá o auxílio-moradia - que é de R$ 3 mil.

Os deputados também continuarão com os R$ 16,5 mil de salário, além de verba de gabinete de aproximadamente R$ 60 mil

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions