A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

26/10/2014 16:29

Candidato a governador do PT foi advertido por aglomeração, diz TRE

Francisco Júnior e Leonardo Rocha
Delcídio não fez boca de urna, mas provocou aglomeração. (Foto: Alcides Neto)Delcídio não fez boca de urna, mas provocou aglomeração. (Foto: Alcides Neto)

Trata-se de Delcídio do Amaral (PT) o candidato ao governo do Estado que teve um incidente em uma sessão eleitoral neste domingo (26), em Campo Grande.

O chefe de Cartório da 8ª zona eleitoral da Capital, Flávio Alexandre Martins, negou que o candidato petista tenha sido flagrado fazendo boca de urna. Conforme Martins, Delcídio, juntamente com Ricardo Ayache, candidato derrotado ao senado, com o ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, e com o deputado federal eleito, Dagoberto Nogueira, esteve na Escola Estadual Waldemir de Barros e provocou uma aglomeração no local. “Eles estavam dentro da zona eleitoral, eles não pediram voto, não teve boca de urna, mas estavam gerando um a aglomeração no local”, explicou.

Segundo o chefe do cartório, o servidor da Corregedoria do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) daquela sessão orientou eles para que não ficassem no local, para não que não gerassem aglomeração.

O incidente foi registrado na ata da eleição, procedimento padrão feito quando situações consideradas anormais acontecem durante a eleição.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions