A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

03/07/2008 11:05

Candidato do PSTU declara ter Corcel 85, Uno e Calói

Redação

Em Mato Grosso do Sul, 67 candidatos a prefeito e 1109 a vereador registraram suas candidaturas nos cartórios eleitorais, mas em Campo Grande, que terá cinco concorrentes a vaga de prefeito, apenas um já fez o registro: Suél Ferranti da Silva (PSTU).

Em Dourados, Corumbá e Três Lagoas nenhum dos concorrentes ao cargo Executivo registrou candidatura.

No registro, disponível no site do TSE (www.tse.gov.br) para qualquer pessoa que tenha acesso à internet, constam os dados do candidato como escolaridade, ocupação e a declaração de bens.

No caso de Suél Ferranti, ele declarou ter a casa dele, de madeira, na Avenida Laudelino Barcelos, no valor de R$ 16.980,00, um terço de uma casa de madeira em Naviraí (R$ 4.680,00), um Corcel II ano 85 (R$ 3.500), uma linha telefônica (R$ 500,00), um celular pré-pago (R$ 100), uma bicicleta Calói ano 1979 (R$ 100,00) e um Fiat Uno ano 2004 (R$ 15.500,00).

Suél está entre os candidatos a prefeito apontados como de menor poder aquisitivo. Todos os bens dele juntos estão avaliados em R$ 41.360,00. Ele disputa a eleição com chapa pura.

O candidato do PSTU tem 50 anos, é servidor público federal e nasceu em Nova Lusitânia (SP). Ele deve iniciar a campanha fora de Campo Grande, já que participa de um congresso da Conlutas e do PSTU em Minas Gerais.

A candidata a vice-prefeita na chapa de Suél é a professora

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions