A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

05/09/2013 09:21

Cerca de 100 pessoas já estão na frente do prédio da Câmara Municipal

Evelyn Souza e Jéssica Benitez
Cerca de 100 pessoas já estão na frente do prédio da Câmara Municipal

Cerca de 100 pessoas estão concentradas em frente à Câmara Municipal aguardando o horário de abertura da Cada de Leis, para darem início ao movimento “Ocupa Câmara”, organizado pelas redes sociais.

A inadimplência da Casa de Leis em relação aos aluguéis, a composição da Mesa Diretora que conta com vereadores cassados que permanecem nos cargos por força de liminar, são os principais motivos do protesto.

Os manifestantes estão com cartazes fechados, esperando a abertura da casa. Entre eles, o técnico em telecomunicações, Diógenes Vieira, 43 anos, que se considera um manifestante independente e faz questão de dizer que não tem partido. “Vim aqui principalmente pelos vereadores que estão cassados, mas ainda estão trabalhando por conta de liminar. Se a gente colocou ele aqui, também podemos tirar”, disse.

Entre o grupo, estão cerca de 30 mototaxistas. Eles reivindicam alvarás para poderem trabalhar nas ruas da Capital. Um deles, que não quis ter o nome divulgado, disse que a data apenas coincidiu com a dos protestos. “Nem sabíamos dessa manifestação. Vamos pedir apoio dos vereadores para que possamos tirar nossos alvarás”, contou.

Segundo o mototaxistas, a prefeitura estipula um número máximo de permissões e muitos têm que pagar de mil e R$ 1.5 mil para poderem trabalhar. “Conheço uma senhora de 80anos que tem alvará e nunca subiu em uma moto”, disse um dos profissionais.

Enquanto a Câmara Municipal não é aberta, um grupo de pessoas distribui panfletos com a bandeira da nova administração com a frase: “Deixa o homem trabalhar”, referindo ao prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal.

Cerca de 14 guardas municipais estão no local para reforçar a segurança.



Vocês estão bem por fora em relação ao nosso querido prefeito Alcides Bernal, pois o mesmo está na luta com os auxiliares de moto taxista e taxista, ele é prefeito do povo.
 
Mary Hellen Lourenti em 06/09/2013 09:11:23
Manifestação fajuta e com cunho visivelmente político. Massa de manobra declarada.
Panfletos de deixem o homem trabalhar é ridículo, uma afronta a nossa inteligência, com apenas 5% o prefeito já fez tudo isso de besteira...
Eu vou a câmara mas é para defender a justiça, de que o prefeito está cometendo irregularidades e ainda por cima consegue convencer umas pessoas como essas de defendê-lo.
VERGONHA, povo ingrato
 
Antonio Harper em 05/09/2013 11:40:30
Por que há manifestação apenas contra os vereadores? E o Prefeito que está sob ameaça de cassação? E o Governador? E o Tribunal de Contas que faz de contas que julga as contas públicas? E a Assembléia Legislativa?
Manifestação de cunho apenas político não tem legitimidade nenhuma...
 
Gizele Miyassato em 05/09/2013 11:21:36
Aí ó, se o Paulo Siufi tivesse ido trabalhar e se os vereadores cassados tivessem sido impedidos de ir na Câmara, isso aí não estaria acontecendo. Agora, aguentem. Sem falar nos caras-de-pau que querem o aumento de 61% de volta. Incrível.
 
Paulo Miranda em 05/09/2013 10:50:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions