A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

06/10/2014 15:59

Com futuro indefinido, PP ainda não decidiu apoio no segundo turno

Kleber Clajus

A única certeza no Partido Progressista é que irá participar no segundo turno e de que a decisão sobre que lado seguir deve ser divulgada ainda nesta semana. Em contrapartida, a própria sigla pode enfrentar troca de comando, após o período eleitoral que não elegeu nenhum candidatos do governo aos deputados estaduais.

“Sobre o segundo turno, o PP vai participar e tão logo essa participação seja definida será divulgada, o que deve acontecer nos próximos dias”, ressaltou o presidente regional e ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal. Ele ficou em terceiro lugar na disputa pelo Senado.

Quanto a decisão por Delcídio do Amaral (PT) ou Reinaldo Azambuja (PSDB), o candidato ao governo Evander Vendramini pontuou que há tendência maior de apoio ao tucano, mas que a militância se reúne hoje, a partir das 17h, na Capital para decidir os próximos passos.

“A grande maioria quer ir para o lado do Reinaldo, mas também há possibilidade de não se apoiar ninguém”, ressaltou Evander, que obteve 10.823 (0,82%) dos votos válidos no primeiro turno.

Troca de comando – Mudança na cúpula estadual do partido também é aguardada para o período pós-eleição.

“Fui convidado para reunião em Brasília para definir os rumos do partido, uma vez que os candidatos tiveram votação pífia”, anunciou Cezar Afonso, liderança do PP aliada ao atual prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte.

Contudo, a assessoria do presidente nacional do partido, senador Ciro Nogueira, negou haver diálogos agendados nesse sentido e Bernal reforça ser essa uma “mentira”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions