A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018

25/02/2013 19:21

Com minoria na Câmara, Bernal pede “socorro” a Puccinelli

Zemil Rocha e Helton Verão
André: Questão política é cada um (Foto: João Garrigó) André: "Questão política é cada um" (Foto: João Garrigó)

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), pediu apoio ao governador André Puccinelli (PMDB) para ter condições de governabilidade junto aos vereadores da Câmara. Bernal tem minoria no Legislativo municipal, podendo efetivamente contar com apenas nove dos 29 vereadores. A maior bancada na Câmara é do PMDB, de Puccinelli, e comanda a Mesa Diretora e a oposição. O PP, partido de Bernal, elegeu apenas dois vereadores.

“Pedi para o governador André conversar com os vereadores que trabalharam em prol do outro candidato (deputado federal Edson Giroto, do PMDB), para que apóiem a nossa gestão num clima favorável, a favor do município”, afirmou Bernal, ao sair do encontro com André. Segundo o Bernal, André foi “receptivo” e se comprometeu a “conversar com alguns vereadores”.

Já o governador André Puccinelli disse, em entrevista coletiva, que não prometeu nada a Bernal. “Disse que posso dar uma ajuda, mas avisei que a Câmara é com ele”, declarou André, deixando evidenciado que há por enquanto apenas um início de busca de entendimento. Advertiu, no entanto, que o encontro teve muito mais de avanço institucional do que político. “Questão política é cada um”, apontou.

Bernal demonstrou satisfação com o resultado do encontro com o governador. “Reunião foi boa. Falamos de convênios, parcerias e investimentos para a Capital. O interesse de ambos é trabalhar juntos em prol da Capital”, disse. André disse que está sempre disposto a atender os prefeitos. “A conversa foi muito boa”, informou o governador.

 

 

 

Bernal saiu satisfeito da reunião com André (Foto: João Garrigó)Bernal saiu "satisfeito" da reunião com André (Foto: João Garrigó)

Sobre os desentendimentos recentes em torno das mútuas cedências de servidores públicos entre a prefeitura e o governo do Estado, Bernal preferiu negar qualquer conflito. “Não existe nenhum tipo de discórdia entre nós”, garantiu o prefeito. Indagado sobre os números de servidores cedidos de um lado e de outro, o chefe do Executivo municipal não soube informar.

Já André, após ser várias vezes indagado sobre a quantidade de cedências, chegou a interromper a entrevista coletiva para pegar um documento com números, que estavam em seu gabinete. Revelou que o Estado cedeu 422 servidores para a prefeitura de Campo Grande, dos quais 420 com ônus remuneratório e dois sem. Já a prefeitura teria cedido apenas 164 funcionários públicos, 141 com ônus e 23 sem ônus.

Fábrica chinesa – Entre os convênios que o prefeito Bernal discutiu com o governador Puccinelli está um que tratará de incentivos para a implantação de uma indústria chinesa em Mato Grosso do Sul. Bernal não revelou, afirmando que poderia atrapalhar as negociações. Puccinelli, porém, informou que se trata de uma fábrica para “produção de tratores da faixa amarela”.

Esse tipo de convênio, segundo o governador, tem maior aporte do governo do Estado, que oferece a maior parte das vantagens. “A prefeitura dá terreno, que eu dou o resto”, explicou Puccinelli.

Luta contra dengue – O prefeito Alcides Bernal disse que também solicitou ao governador André Puccinelli apoio da Polícia Militar nos casos em que há necessidade de a fiscalização municipal entrar em imóveis, que representam risco para a proliferação do mosquito da dengue.



E O BERNAL??? NÃO FAZ NADA SEM AJUDA DOS OUTROS KKKKKK CAI FORA CARA!!!
 
ELY MONTEIRO em 26/02/2013 12:24:26
vamos ter que fazer uma manifestação, cada um levar de nós levar um balde com óleo de peroba pra passar na cara de pau desses vereadores,foi o povo quem elegeu vcs,olhem pra população,que colocou vcs aí.
 
Elisangela da costa lemes em 26/02/2013 09:18:29
foram eleito pelo povo e agora empregados do André, tenham verganha na cara e comecem a trabalhar em prol de quem elegeu voces...quatro anos passam rápido e voces com certeza vao ser lembrado como os 20 empregados do André..
 
JOSE M COSTA em 26/02/2013 08:49:58
Quanta ingenuidade, tem gente aqui achando que os vereadores estão preocupados com a manutenção da cidade, quando, na verdade, estão todos empenhados em satisfazer seus interesses escusos.
 
Mathias Hanns em 26/02/2013 08:48:53
Engraçado, pensei que os vereadores que nós elegemos pensasse num bem para a nossa cidade, que acima de seus partidos vinha a cidade.O que vemos aqui, um prefeito que está sem apoio e que esta em busca. Srs. Vereadores, quero deixar claro que não sou contra e nem muito menos a favor do prefeito, mas já que ele é o nosso prefeito, vamos ajudar... Não pelo prefeito Alcides Bernal e sim por Campo Grande a capital de Mato Grosso do Sul.
 
Fernanda Marengo em 26/02/2013 08:11:21
coitado do Bernal.Pensou que bastavam votos da maioria dos eleitores para poder governar.Com todos estes anos de política ainda não aprendeu que o discurso facil e oportunista,a crítica farta e generosa não são suficientes para vencer uma eleição.agora sai humilde e cabisbaixo,pedindo arrego para seu maior inimigo,um articulador nato,para ter um minimo de paz e ,ao menos,sair pela porta da frente da prefeitura.do contrário, sem articulação e sem aliados,corre o risco de ser o pior prefeito que esta cidade já teve.começa a cair a máscara do falastrão que processa tudo e todos e começa a aparecer um coitado,desesperado,sem apoio,verdadeiro fiasco politico,isolado dentro do seu próprio meio,cercado de oportunistas e incompetentes e que tenta conquistar um minimo de dignidade.
 
Carlos Henrique em 25/02/2013 22:40:52
E uma vergonha a atitude desses vereadores,afinal das contas eles foram eleitos para trabalhar pela cidade ou para algum partido politico?Afinal,quem os paga?
 
neuza sanches em 25/02/2013 21:59:09
Estamos em pleno governo, tanto no âmbito Estadual ou municipal, o momento é de se trabalhar em prol da população ou seja a soma de esforços em favor do povo..
 
Astro Rezende em 25/02/2013 21:40:20
A onça foi beber água. É seu Bernall Collor de Mello.Ainda resta uma saída. Unir-se aos fortes, porque sozinho, com prepotência não vai a lugar nenhum. Principalmente mentindo, enganando os servidores que te elegeram. Me lembro muito bem que você apregoava em campanha que iria valorizar o servidor público efetivo, colocando-os em cargos de primeiro, segundo e terceiro escalão. Será que CAmpo Grande não tem nenhuma pessoa gabaritada para assumir a Agetran, precisando trazer cupinchas de Minas Gerais para o cargo. Mais uma seu Bernall Collor de Mello, que não está cumprindo com os seus 270 mil eleitores que confiaram em seu discurso.
 
Roberto Ferreira em 25/02/2013 21:23:09
O povo que o elegeu está de olho, caso esmorecer...
 
luizio espinoza em 25/02/2013 20:08:11
A então quer dizer que os vereadores, trabalhão para o Andre e não para a população, Tenho certeza de que na próxima eleição, o povo vai lembrar destes vereadores, não vão reeleger nenhum deles, com certeza sabemos quem são.
 
Lenine Ferreira em 25/02/2013 20:06:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions