A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

23/02/2013 08:39

Comando estadual do PDT vai renunciar para Schimidt assumir

Josemil Rocha
Dagoberto diz que André define cargo para PDT na semana que vem (Foto: Simão Nogueira)Dagoberto diz que André define cargo para PDT na semana que vem (Foto: Simão Nogueira)

O presidente regional do PDT, Dagoberto Nogueira Filho, revelou, em entrevista ao Campo Grande News, que vai propor aos dirigentes estaduais do partido “renúncia coletiva” a fim de que João Leite Schimidt, conselheiro aposentado do Tribunal de Contas, assuma o comando da legenda. “Como o Schimidt não faz parte do Diretório, vou propor que todos os integrantes renunciem e aí faremos uma nova eleição e elegeremos a nova chapa com ele presidente”, justificou Dagoberto.

A convenção do PDT para eleição do novo diretório regional será realizada na próxima terça-feira, dia 26, a partir das 18 horas, na sede do partido. “Vamos reunir os 71 membros do Diretorio Regional para comunicar a decisão de trocar de presidente”, informou Dagoberto.

Segundo o atual presidente do PDT, o veterano político João Leite Schimidt não tinha vontade de assumir a presidência regional do partido e houve dificuldade em convencê-lo. “Tivermos que fazer muitos apelos. Foi uma comissão grande falar com ele e o Schimidt acabou aceitando”, contou.

Autarquia para PDT - Na semana passada, Dagoberto Nogueira esteve com o governador André Puccinelli (PMDB) e encaminhou a reivindicações de o PDT passasse a integrar o governo, com nomeações para o comando de três autarquias, Inmetro, Fundação de Trabalho e Agepan. Diante do pedido, André teria oferecido apenas uma autarquia, a ser definida até o final deste mês.

“Até o final do mês o governador define qual a secretaria ou autarquia que ele vai dar para nós”, reafirmou Dagoberto. Indagado se estaria disposto a representar o partido nesse cargo, ele respondeu negativamente. “ Eu não quero. André até queria que fosse eu, por causa da nossa proximidade resultante da eleição municipal em Campo Grande, quando fui vice do Giroto, mas quero cuidar é da minha eleição para deputado federal”, afirmou o ex-deputado federal pedetista.

Na avaliação de Dagoberto, se aceitasse ser o nome do PDT no governo acabaria criando problema para o próprio governador. “Sou candidato a deputado federal e tenho que trabalhar nessa direção. E já falta só um ano para a campanha”, finalizou.



Parabens, pela escolha sou filiado no PDT, esperamos um bom trabalho por parte dos nossos representantes.Espero que de tudo certo, pois nas próximas eleiçoes queremos eleger nosso futuro Deputado Federal Dagoberto Nogueira e outros pedetista.Essa nova aproximaçao com o PMDB, nos fortalecera ainda mais.
 
izaias morais de santana em 23/02/2013 13:57:30
parabens essa mudança será muito salutar ao partido, dr schimidt é uma pessoa que todos respeitamos, MAS QUERO DEIXA UM ALERTA, POR FAVOR SENHOR FUTURO PRESIDENTE CUIDE DO PARTIDO EM PONTA PORA, FAÇA MUDANÇA OU DE NOVO VAI TER SURPRESAS EM 2014, LEMBRA DO QUE OCORREU EM 2006 E 2010 .MUDANÇAS JA EM PONTA PORA
 
alberto barbosa em 23/02/2013 10:13:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions