ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, DOMINGO  16    CAMPO GRANDE 23º

Política

Contra cortes, secretária e adjunto da Educação pedem demissão

Por Alan Diógenes | 03/05/2015 21:28
Angela ficou no cargo por um ano e dois meses. (Foto: Reprodução/Facebook)
Angela ficou no cargo por um ano e dois meses. (Foto: Reprodução/Facebook)

A secretária municipal de Educação de Campo Grande, Angela Maria Brito, e o adjunto da Semed, Oswaldo Ramos comunicaram, na noite deste domingo (3), que irão deixar os cargos. O pedido de demissão surgiu depois de uma reunião com o prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP) e o motivo seria o corte de pessoal na área.

Conforme Angela Brito, a decisão é técnica e não política. “Houve corte de funcionários na área da educação, houve a redução de 50% da carga horária dos professores e isso acabou inviabilizando nosso trabalho e decidimos sair. A decisão foi de comum acordo com o prefeito e com os profissionais da área e a gente sabe que esse ano foi um ano muito difícil”, explicou.

Ainda segundo secretária demissionária, as metas que foram traçadas não poderiam ser cumpridas. “Uma delas era de aumentar o número de alunos na rede pública de ensino, por exemplo, no ano passado eram 95 mil alunos hoje são 101 mil, então precisamos de mais pessoal trabalhando e com os cortes não daria para trabalhar”, finalizou.

Angela é mestre em educação e ficou no cargo por um ano e dois meses. Ela havia entrado na pasta com a indicação do PSDB. O nome foi sugerido pela ex-vereadora, atual vice-governadora Rose Modesto, que já trabalhou com Angela Brito como professora.

A Prefeitura Municipal ainda não decidiu quem irá assumir os dois cargos que ficarão vagos a partir de hoje.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário