A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Agosto de 2017

03/01/2015 11:58

De olho na prefeitura, deputado rejeita convite para Secretaria da Produção

PTdoB entrega lista para ocupar espaço em 2º escalão

Leonardo Rocha
Márcio Fernandes recusou convite para Secretaria da Produção, para ficar na Assembleia (Foto: Divulgação)Márcio Fernandes recusou convite para Secretaria da Produção, para ficar na Assembleia (Foto: Divulgação)

O deputado Márcio Fernandes (PT do B) recebeu o convite do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) para assumir a Secretaria de Produção e Agricultura Familiar, mas recusou a proposta para permanecer na Assembleia Legislativa e continuar os planos do partido, para uma eventual disputa da prefeitura de Campo Grande.

"O governador nos chamou e ofereceu ao deputado (Márcio Fernandes) a Secretaria de Produção, mas resolvemos permanecer com ele na Assembleia, pois se assumisse poderia inviabilizar nossos planos para prefeitura de Campo Grande", revelou o presidente estadual do PT do B, Morivaldo Firmino de Oliveira.

O dirigente ressaltou que o partido tem em seus planos uma eventual candidatura de Márcio Fernandes ou da deputada Mara Caseiro. "Temos este projeto para 2016, por isso achamos importante que o Márcio continue no legislativo", disse ele.

Morivaldo ressaltou que ainda articula com Azambuja a participação da legenda no 2° escalão do governo e que já entregou uma lista de nomes que poderiam contribuir para gestão tucana. "Não temos nenhuma preferência, vamos continuar as conversas e até o dia 10, quando teremos uma definição do governador".

Entre os nomes que foram repassados a Reinaldo está do ex-comandante da Polícia Militar, o Coronel Davi, o atual chefe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), Dr. Eduardo Cury, assim como do Dr. Marcos Tiguman e do advogado José Eduardo Cury.

Reinaldo teve a sua segunda recusa para a Secretaria de Produção e Agricultura Familiar, já que o ex-presidente da Famasul, Ademar da Silva Júnior, também não aceitou comandar a pasta. Esta é a única secretaria que ainda não foi definida pela gestão tucana.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions