A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

13/03/2010 12:03

Delcídio apóia bancada e critica condução de alianças

Redação

O senador Delcídio do Amaral (PT) afirmou hoje, ao participar do encontro do grupo do deputado federal Antônio Carlos Biffi (PT), que apóia a bancada do partido, que condenou a forma de condução da política de alianças para as eleições deste ano.

Ele disse que o correto é definir a política de alianças dentro do partido. "O certo é discutir dentro do partido para depois operar fora", afirmou. O senador ressaltou que a suplência e as alianças devem ser definidas pelos petistas e não por outro aliados.

As críticas ganharam força porque os pedetistas estariam sendo ouvidos na definição de alianças e não os membros do PT, como deputados estaduais e federais. Um dos pontos seria a indicação da ex-primeira-dama Gilda dos Santos, esposa do ex-governador Zeca do PT, para ser suplente a senador do deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT).

Marcus Garcia, presidente estadual da sigla, anunciou hoje que as eleições de 2010 serão os pontos principais de encontro da executiva regional na terça-feira. Ele não vê crise na legenda, mas uma discussão "natural".

Apesar de ter criticado a política de alianças liderada por Zeca do PT, Delcídio fez questão de destacar que não existe briga com o ex-governador. "Não brigo com ninguém", comentou. Ele disse que a agenda conjunta será definida pelo grupo de trabalho do PT criado para definir as ações da campanha deste ano.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions