A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

29/12/2016 15:46

Depois de MPE apontar nepotismo, Detran exonera sobrinho de diretor

Mayara Bueno

Depois de o MPE (Ministério Público Estadual) ter identificado nepotismo com a nomeação de três parentes do diretor-presidente do Detran (Departamento Nacional de Trânsito), o órgão exonerou Lucas Bernardo Barbosa Marques, que ocupava o cargo de gerência executiva e assessoramento.

No início de dezembro, o Ministério Público recomendou a exoneração imediata de Lucas, que é sobrinho de Gerson Claro, diretor do Detran. Na ocasião, ele disse que se tratava de um sobrinho por afinidade, já que Lucas é filho de uma cunhada dele e que trabalhava na Corregedoria da Polícia Civil, que fica na área do Detran, não no departamento.

A exoneração de Lucas Bernardo foi publicada nesta quinta-feira (29), em uma publicação no Diário Oficial do Estado. O efeito da decisão começa a contar a partir de 1º de janeiro de 2017.

A recomendação também pediu a exoneração de Anette de Castro Muniz, esposa de Marcelo de Almeida Soares, chefe da Divisão de Serviços Administrativos do Detran, lotada na Agência Regional de Trânsito Gerência Regional.

Além do afastamento da servidora efetivada Fernanda Stella Okumoto, esposa de Luiz Fernando Ferreira dos Santos, chefe do setor de Registro de Condutores do Detran, da função de assessora de confiança do setor. Estes funcionários não foram exonerados, pelo menos na publicação de hoje.

Para a sua decisão, o MPE considerou que as nomeações dos três servidores contrariam as determinações da Súmula Vinculante n. 13, do STF (Supremo Tribunal Federal), que trata de nepotismo.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions