A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

08/03/2015 15:37

Deputadas querem comissão e sala especial de atendimento às mulheres

Leonardo Rocha
Deputada quer implantar uma comissão permanente na Assembleia para tratar de combate a violência às mulheres (Foto: Roberto Higa/ALMS)Deputada quer implantar uma comissão permanente na Assembleia para tratar de combate a violência às mulheres (Foto: Roberto Higa/ALMS)
Mara Caseiro quer uma sala especial para atendimentos, com profissionais específicos (Foto: Roberto Higa/ALMS)Mara Caseiro quer uma sala especial para atendimentos, com profissionais específicos (Foto: Roberto Higa/ALMS)

As deputadas querem a implantação de uma Comissão Permanente de Defesa da Mulher e Combate à Violência Doméstica, assim como uma sala especial de atendimento na Assembleia Legislativa.

A primeira proposta é de Antonieta Amorim (PMDB) e a segunda matéria é de autoria de  Mara Caseiro (PT do B). Elas esperam uma ação mais efetiva e concreta da Casa de Leis, contra o alto índice de violência às mulheres, em Mato Grosso do Sul.

“Aproveitando este momento em que o mundo abre os olhos para este problema, vamos buscar a implantação desta comissão que irá zelar pela defesa dos direitos da mulher”, explicou Antonieta, que ainda ressaltou que este grupo de trabalho poderia disponibilizar uma orientação em políticas estaduais, assim como receber denúncias de ameaça e violência.

Já a proposta de Mara Caseiro, visa ter uma sala especial de atendimento na Assembleia. “É preciso que o Legislativo se coloque nessa luta e venha colaborar com medidas concretas no sentido de estimular a mulher a sair do contexto violento e encorajá-la a denunciar”, disse ela.

A deputada explicou que o local iria disponibilizar profissionais de diversas áreas para tratar destes assuntos específicos. “Seria um ponto de debate acerca de temas como a violência doméstica”, pontuou. O deputado Junior Mochi (PMDB) também já se colocou a disposição para votar na próxima semana, em caráter de urgência, o projeto da Defensoria Pública, que cria dois cargos para ampliar os serviços destinados às mulheres.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions