A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

12/06/2013 12:48

Deputado destaca que apenas um hospital realiza exame obrigatório de coração

Leonardo Rocha
Deputado diz que população deve fazer a fiscalização nos hospitais (Foto: divulgação)Deputado diz que população deve fazer a fiscalização nos hospitais (Foto: divulgação)

O deputado estadual Márcio Fernandes (PT do B) revelou a equipe do Campo Grande News, que somente o HU (Hospital Universitário) vem realizando com freqüência o teste do “coraçãozinho”, que diagnostica possíveis problemas cardíacos em recém nascidos. Ele foi autor da lei que obriga todas as unidades de saúde do Estado, a adotar este procedimento.

De acordo com o deputado, a população deve fazer esta “fiscalização” nas unidades de saúde, já que é a principal interessada em dispor do exame. “Cada um deve cobrar o exame nos seus filhos, sobrinhos e conhecidos, é uma ação essencial para diagnosticar problemas e ter uma intervenção médica eficiente”, destacou ele.

Segundo Fernandes, o aparelho usado para fazer o teste custa apenas R$ 4 mil reais, o que segundo ele, é praticamente “irrisório” para os hospitais. “Não há desculpa para não ter o aparelho, não compromete as finanças e ainda salva vidas”. O deputado inclusive sugeriu que pode fazer emendas justamente para esta questão, para evitar a falta do exame.

Evento – Os deputados receberam hoje antes da sessão, representantes de Ongs e da Associação de Assistência à Criança Cardiopata – Pequenos Corações, que promovem ações de prevenção a problemas cardíacos. Esta recepção aconteceu em função da comemoração do dia de conscientização da cardiopatia congênita.

Uma das voluntárias da entidade, Liliane Caramel, usou a tribuna da Assembleia para contar sua história. Ela perdeu um filho de dois dias de vida, vítima de problemas cardíacos e agora busca a “conscientização” e prevenção para que outras famílias não passem pela mesma situação. “Apenas 67% das pessoas tem o diagnóstico das doenças, destas 30% são tratadas, se não houver este cuidado, os casos só vão aumentar”, alertou ela.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions