A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

14/06/2013 12:00

Deputado irá “acionar” bancada federal com objetivo de trazer curso para Capital

Leonardo Rocha
Deputado destaca que Campo Grande não oferece curso de Ciências Contábeis em universidades públicas (Foto: divulgação)Deputado destaca que Campo Grande não oferece curso de Ciências Contábeis em universidades públicas (Foto: divulgação)

O deputado estadual Rinaldo Modesto (PSDB) irá “acionar” a bancada federal do Mato Grosso do Sul, para que esta entre em contato com o MEC (Ministério da Educação) requisitando a instalação do curso de Ciências Contábeis no Campus da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) em Campo Grande.

Rinaldo destacou que foi feito um relatório, após audiência pública na Assembleia, que aponta falta destes profissionais em Campo Grande. Ele almeja que além da UFMS, a UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) também disponibilize este curso na Capital. “Existe esta reivindicação dos contadores e de pessoas que se interessam nesta área, não é possível que este curso exista apenas no interior, enquanto que o maior mercado está aqui”, ressaltou ele.

De acordo com o presidente da Sescon/MS (Sindicato dos Contabilistas Autônomos e das Empresas de Serviços Contábeis, Assessoramento, Auditoria e Perícia, Informações e Pesquisas do Estado de Mato Grosso do Sul), Francisco Gonçalves Pereira, Mato Grosso do sul possui 6,8 mil contabilistas em atividade, enquanto que a demanda chega até a 8,8 mil contadores. Na Capital, existem seis faculdades de ciências contábeis, porém todas são particulares.

Explicações – O pró-reitor da UFMS, Henrique Mongelli destacou que o planejamento pedagógico ainda está em fase de elaboração, que apenas com empenho junto ao MEC, o curso poderá ser realizado em curto prazo. A UFMS disponibiliza no momento o curso em Três Lagoas e Corumbá.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions