A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Agosto de 2017

19/04/2017 12:57

Deputados aprovam projeto que reduz custos em concursos estaduais

Candidato não vai receber informações do concurso por cartas, apenas pelo site (eletrônico) e Diário Oficial

Leonardo Rocha
Deputados aprovam três projetos na sessão desta quarta-feira (Foto: Victor Chileno/ALMS)Deputados aprovam três projetos na sessão desta quarta-feira (Foto: Victor Chileno/ALMS)

Os deputados aprovaram, em primeira votação, o projeto que defende a redução de custos em concursos estaduais, com a divulgação das provas e todo o processo seletivo apenas pelo site da instituição e Diário Oficial, sem precisar enviar cartas aos candidatos, para repassar tais informações.

 O projeto enviado pelo governo, inclusive revoga leis estaduais, que justamente obrigavam as entidades organizadoras de concursos, na administração estadual, a enviar tais cartas, que avisavam os candidatos sobre todas as etapas do certame.

A justificativa é que o envio destas informações pelo correio, além de exigir estrutura administrativa e material humano, também requer gastos financeiros, que poderiam ser economizados, com a divulgação, como regra, apenas pelo site eletrônico específico e as publicações no Diário Oficial.

"As pessoas estão cada vez mais conectadas na Internet, acredito que não se precisa mais enviar estas informações pelo correio", disse o líder do Governo, o deputado Rinaldo Modesto (PSDB). O projeto agora segue as comissões de mérito, para depois ser avaliado novamente em plenário.

Reajuste - Os deputados também aprovaram, em segunda votação, a proposta do Tribunal de Justiça que concedeu o reajuste linear de 11,28% aos servidores da instituição, substituindo ao abono no valor de R$ 500,00, que estava sendo pago desde março do ano passado, tendo a intenção de valorizar a carreira dos funcionários.

Também segue para sanção do governador, o projeto de lei que obriga os comerciantes de veículos, a apresentar um laudo técnico para que o consumidor saiba, a procedência dos automotores ainda dele adquirí-lo. Neste documento deve se analisar registro de furto, multas, débitos, alienações, que já estão previstas em lei federal.

Candidatos de concurso estadual terão avisos por carta
Foi promulgada e já está valendo a Lei que obriga entidades organizadoras de concursos para preencher vagas no governo de Mato Grosso do Sul a avisar...
Câmara pode votar hoje mudanças no sistema eleitoral
O debate em torno da reforma política será retomado hoje (22) na Câmara dos Deputados, tanto no plenário quanto nas comissões. A sessão do plenário d...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions