A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Agosto de 2017

16/06/2016 16:08

Deputados trabalham em estandes para agilizarem destino de R$ 36 milhões

Paulo Yafusso e Michel Faustino
Estandes de deputados estaduais instalados no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo (Foto: Fernando Antunes)Estandes de deputados estaduais instalados no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo (Foto: Fernando Antunes)
Plenário do Centro de Convenções ficou lotado, para acompanhar solenidade de assinatura dos convênios para liberação de R$ 36 milhões (Foto: Fernando Antunes)Plenário do Centro de Convenções ficou lotado, para acompanhar solenidade de assinatura dos convênios para liberação de R$ 36 milhões (Foto: Fernando Antunes)
No detalhe, governador, secretários e parlamentares na solenidade da tarde desta quinta (Foto: Fernando Antunes)No detalhe, governador, secretários e parlamentares na solenidade da tarde desta quinta (Foto: Fernando Antunes)

Para agilizar os procedimentos de liberação dos recursos de emendas parlamentares individuais ao orçamento do Estado deste ano, o Governo de Mato Grosso do Sul montou uma estrutura no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo. Cada um dos 24 deputados tem um estande para que a equipe de apoio dê encaminhamento aos convênios assinados, como parte de solenidade na tarde desta quinta-feira (16).

Pelo esquema montado, assim que o convênio era assinado o prefeito ou representante da entidade filantrópica se dirigia ao estande do deputado que propôs a emenda, onde a assessoria do parlamentar dava encaminhamento para a liberação dos recursos. Antes, na solenidade, eram assinados apenas os convênios.

No total, são R$ 36 milhões, sendo que coube a cada deputado estadual a cota de R$ 1,5 mil. Esse dinheiro deve ser aplicado nas áreas de saúde, educação, assistência social, e a partir deste ano, também na segurança, agricultura familiar, esporte e cultura. Para as prefeituras, as verbas serão liberadas até o dia 2 de julho, por conta da legislação eleitoral. Já para as entidades filantrópicas, até o final do ano, de acordo com a conclusão dos procedimentos administrativos.

O governador Reinaldo Azambuja disse que no ano passado, apenas 2% dos recursos das emendas parlamentares não foram liberados, mas por problemas burocráticos. O plenário do Centro de Convenções, no Parque dos Poderes, está lotado de prefeitos, secretários, dirigentes e pessoas ligadas às entidades beneficiadas.

Antes da solenidade, foi apresentado em dois telões um vídeo mostrando a situação da maioria dos estados brasileiros, que enfrentam dificuldades financeiras. Alguns estão até com os salários dos servidores atrasados, como foi mostrado. O vídeo serviu para mostrar que Mato Grosso do Sul, mesmo com a crise econômica do Pais, vem conseguindo cumprir com os compromissos, como a liberação desses recursos das emendas parlamentares individuais.

Segundo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Júnior Mochi, neste ano são 1.200 convênios que vão beneficiar as 79 prefeituras do Estado e cerca de 600 entidades filantrópicas.

Deputado João Grandão (PT) atendendo no estande montado no Rubens Gil. (Foto: Fernando Antunes)Deputado João Grandão (PT) atendendo no estande montado no Rubens Gil. (Foto: Fernando Antunes)
Deputado Coronel Davi (PSC) ao lado do deputado licenciado e secretário de Justiça e Segurança Pública José Carlos Barbosa. (Fernando Antunes)Deputado Coronel Davi (PSC) ao lado do deputado licenciado e secretário de Justiça e Segurança Pública José Carlos Barbosa. (Fernando Antunes)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions