ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  23    CAMPO GRANDE 32º

Política

Discussão por verba para vereadores vira barraco em comitê do PT

Em vídeo que foi editado antes de ser postado no Facebook, Pedro Kemp grita, chama candidata de cínica e é contido por 3 homens

Por Adriano Fernandes | 28/10/2020 22:10


O deputado estadual e candidato a prefeito de Campo Grande, Pedro Kemp (PT), causou uma confusão no comitê da candidata a vereadora do mesmo partido, Karla Cânepa, em Campo Grande. Em vídeo, aparentemente feito às escondidas o candidato aparece exaltado, gritando com a colega de partido e chamando Cânepa de “cínica” enquanto é contido por outros homens.

A discussão ocorreu nesta terça-feira (28). De acordo com o irmão da vereadora, Thiago Cânepa Amorim, Pedro Kemp foi ao local tirar satisfações com a candidata após postagem dela em um grupo de WhatsApp que reúne candidatos a vereadores do PT.

Karla Cânepa teria compartilhado “as informações divulgada pela transparência do TSE com os valores do fundo partidário, algo em torno de 500 mil reais, que favorecem apenas 8 dos 43 candidatos a vereadores do PT em Campo Grande/MS”, diz Thiago em postagem no Facebook.

No vídeo que foi editado e publicado 24h após o ocorrido no Facebook, Pedro Kemp grita com Karla enquanto está sentado ao lado dela em uma mesa. “Eu estou por aqui com você desde o início da campanha. Eu estou por aqui com você”, ele repete por diversas vezes. Quando solicitado para que ele se retirasse do local ele nega. Durante a discussão o candidato bate na mesa e se exalta ainda mais ao ser interrompido pela candidata.

 “Deixa eu falar, cacete, posso falar? Posso explicar? Não sou eu que distribui dinheiro do PT”, se defende. “Você é uma irresponsável, irresponsável”, bate no peito. “Você não vai destruir a minha história. Você vai retirar essas palavras que você colocou no grupo”, ele grita. No ponto seguinte do vídeo, após corte de edição, Pedro Kemp já aparece em pé, sendo contido por três homens enquanto chama a vereadora de cínica por diversas vezes e manda novamente ela apagar a postagem.

Em seguida, Pedro Kemp se aproxima da mulher, enquanto é segurado pelos homens. “Prova, prova, prova”, ele grita, antes de se desvencilhar dos homens. Segundo o irmão da candidata a vereadora os três homens que aparecem segurando o candidato são os seus próprios assessores.

À reportagem a assessoria do candidato a prefeito informou que ele irá se manifestar através de nota. O posicionamento não foi enviado até a publicação da reportagem.

Polêmica - Em 2016 Karla Cânepa protagonizou outro episódio político envolvendo o vereador cassado Paulo Pedra, do PDT. Na época, Karla disse ter herdado as dívidas da falida Revista Love, que pertencia ao então vereador e na qual era gerente. O próprio irmão da candidata, Tiago Canepa e então assessor de Pedra também esteve envolvido na criação da revista e teria lhe negado ajuda.



Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário