A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

05/10/2014 19:42

Dos 8 deputados federais, metade estreia no Congresso Nacional

Ludyney Moura

Com 100% das urnas apuradas, Mato Grosso do Sul já sabe quem serão os oito deputados federais que vão representar a população do Estado na Câmara Federal.

Estreando como deputado federal, o ex-governador Zeca do PT, foi o candidato mais votado do Estado para o cargo. O petista obteve 160.556 votos, ou 12,57% do total.

O segundo colocado também é estreante no cargo, o ex-secretário estadual de habitação e atual deputado estadual, Carlos Marun (PMDB), foi o escolhido por 91.816 sul-mato-grossenses, ou 7,19% dos votos.

Reeleito por mais um mandato, o quarto como deputado federal, o peemedebista Geraldo Resende teve 87.546 votos, ou 6,86% do total. Outra que também estreia na Casa de Leis é a ex-secretária estadual de produção, Tereza Cristina (PSB), que teve 75.149 votos, ou 5,89%.

Vander Loubet, com 69.504 mil votos (5,44%), foi o único petista reeleito, uma vez que Antônio Carlos Biffi ficou de fora da Câmara. Outro que permanecerá deputado federal é Luiz Henrique Mandetta (DEM), que teve 57.374 (4,49%).

Fecham a lista o estreitante no Congresso Nacional, Márcio Monteiro, presidente estadual do PSDB, que obteve 56.441 votos, 4,42% do total, e o ex-deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT), que retorna ao cargo depois de quatro anos, com 54.813 votos, ou 4,29% dos votos.

Mesmo obtendo uma votação expressiva, 67.508 votos, 5,29% do total, o deputado federal Fábio Trad (PMDB), ficou de fora da lista de eleitos devido ao quociente eleitoral. Entre os mais votados, Biffi, com 53.406 votos (4,18%), e o também deputado federal Marçal Filho (PMDB), com 39.852 votos (3,12%), não conseguiram se reeleger.

Dos 8 deputados federais, metade estreia no Congresso Nacional


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions