A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

01/09/2010 08:30

Dos nove vereadores detidos pela PF, três são candidatos

Redação

Dos nove vereadores de Dourados detidos pela Polícia Federal por meio da operação Uragano, três são candidatos nestas eleições.

O presidente da Câmara, Sidlei Alves (DEM), e os vereadores Aurélio Bonatto (PDT) e Marcelo Barros (DEM) estão concorrendo ao cargo de deputado estadual.

Sidlei e Marcelo disputam uma das 24 cadeiras da Assembleia Legislativa pela coligação "Amor, Trabalho e Fé", encabeçada pelo governador André Puccinelli (PMDB).

Já Aurélio Bonatto concorre pela coligação "A Força do Povo", liderada por Zeca do PT.

Ao todo, Dourados tem 12 vereadores, dos quais nove estão presos, acusados de envolvimento em fraude de licitações, formação de quadrilha, enriquecimento ilícito e corrupção.

Além de Bonatto, Sidlei e Marcelo Barros, foram presos Edvaldo Moreira (PDT), Humberto Teixeira Junior (PDT), José Carlos Cimatti Pereira (PSB), José Carlos de Souza, o Zezinho da Farmácia (PSDB), Júlio Luiz Artuzi (PRB), que é tio do prefeito Ari Artuzi (PDT), e Paulo Henrique Amos Ferreira, o Bambu (DEM).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions