A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

18/12/2012 23:54

Edil fala em disputa e Jamal em consenso para presidência da Câmara

Nyelder Rodrigues, Aline dos Santos e Nadyenka Castro

Um acredita que a disputa pela presidência da Câmara de Vereadores de Campo Grande é benéfica. O outro aposta no consenso para um único nome.

Edil Albuquerque (PMDB) e Jamal Salém (PR) foram diplomados vereadores nesta noite na Capital, e já se colocaram como pré-candidatos ao cargo de presidente da Câmara, mas apostando em possibilidades diferentes para chegar ao cargo.

Edil, que atualmente é vice-prefeito, já ocupou o cargo de presidente da Casa. “Acho válido cada um ter sua preferência. A disputa traz qualidade ao processo de escolha”, comenta, ao analisar a formação do grupo de 18 vereadores que pretendem eleger o presidente da Câmara. Edil não faz parte do grupo.

Enquanto isso, Jamal adota um tom mais conciliador, e aposta que até o dia da posse, 1º de janeiro de 2013, os 29 vereadores vão se reunir e entrar em consenso sobre um único nome para a presidência.

Questionado sobre o pouco tempo, ele se lembrou de quando o atual prefeito, Nelson Trad Filho (PMDB), era vereador e foi escolhido para ocupar a presidência da Câmara. “O Nelsinho foi escolhido em 24 horas”, conta Jamal.

Para o republicano, há cinco pré-candidatos no momento. “As contas não batem, porque o mesmo vereador participa de dois grupos”, comentou. Ele também citou como exemplo Edil, que mesmo fora do “grupo dos 18 vereadores”, pode ter o apoio dos amigos que fazem parte desse grupo.

Já Mário César (PMDB), que faz parte do “grupo dos 18 vereadores”, também se apresentou como pré-candidato à presidência, e citou que dentro do grupo há nomes fortes como o de Grazielle Machado (PR), João Rocha (PSDB) e Paulo Pedra (PDT). Ele acredita que antes do dia 1º de janeiro o nome do presidente será definido.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions