A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

06/02/2013 14:55

Eleito vice-líder do PMDB, Giroto influirá na liberação de emendas

Josemil Rocha
Giroto terá função executiva dentro do OrçamentoGiroto terá "função executiva" dentro do Orçamento

Nesta manhã de quarta-feira (6), o deputado federal Edson Giroto (PMDB/MS) conquistou um cargo de destaque na Câmara, tendo sido eleito vice-líder do seu partido na Casa e coordenador da bancada, que tem 80 parlamentares. Uma das principais funções de Giroto, a partir de agora, será tratar da liberação de emendas e execução orçamentária junto à Presidência da República.

“A minha função será executiva dentro do Orçamento. Vou acompanhar os empenhos de todos os 80 parlamentares do partido, agilizar os pagamentos, organizar de forma concreta em benefício da solicitação de emendas”, informou Giroto esta tarde, em entrevista ao Campo Grande News. “É trabalho de acompanhamento. A vida inteira eu fiz isso como secretário de obras e em função desse meu perfil o líder me escolheu”, declarou.

A escolha de Giroto, aprovada por unanimidade na bancada, ocorreu dois dias após a eleição de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para líder do PMDB na Câmara dos Deputados. Giroto apoiou sua candidatura e fez campanha pela eleição de Cunha, que obteve 46 votos.

Além do acompanhamento da execução orçamentária, o vice-líder substituiu o líder nas reuniões que definem a pauta de votação da Câmara dos Deputados. O cargo também confere um certo prestígio na Casa, já que o títular passa a ter o direito a usar a tribuna do plenário por mais tempo e representa os 81 deputados do PMDB em decisões da Casa.

Na funcão de coordenador da bancada do partido junto ao Palácio do Planalto, Giroto passa a ser o responsável por apresentar as demandas dos parlamentares à Presidência da República; conversar e cobrar a liberacão de emendas, e viabilizar projetos de interesse de todos os peemedebistas. “Cunha me designou para esta missão, comunicando a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, e demais integrantes do Palácio do Planalto que represento o parlamentares do PMDB da Câmara para apresentar sugestões e resolver as pendências referentes ao Orçamento Geral da União. Vai ser um grande desafio, uma responsabilidade enorme que vou cumprir com muita determinação”, destacou Giroto.

Outra atribuicão que a bancada do PMDB deu ao parlamentar sul-mato-grossense é a de integrar o Conselho Político do PMDB. Desta maneira, Giroto participará das decisões da legenda na Câmara, definindo as prioridades e as estratégias de atuação para consolidá-las.

Emendas de MS

Giroto informou ainda, ao Campo Grande News, que sua atuação como vice-líder do PMDB vai facilitar a liberação de emendas que favorecem a realização de obras e serviços em Mato Groso do Sul. “E fortalece os quatro parlamentares do PMDB do Estado , Fábio Trad, Geraldo Resende, Marçal Filho e eu. Nós quatro estamos juntos, unidos em busca dos investimentos para o Estado”, afirmou.

Para o parlamentar sul-mato-grossense, que foi o deputado federal mais votado nas eleições de 2010, considera que sua escolha como vice-líder do PMDB decorreu de toda sua experiência no Executivo e da atuação que tem tido na Câmara Federal. “É o reconhecimento do trabalho que a gente faz na bvanca e dentro da Câmara”, declarou.

 

 

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions