A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Agosto de 2017

26/10/2014 12:17

Em meio a feriadão, 2º turno tem paradeira e pode ampliar abstenção

Aline dos Santos, Priscila Peres e Luciana Brazil
Segundo turno começou com baixa procura do eleitorado em Campo Grade. (Foto: Marcos Ermínio)Segundo turno começou com baixa procura do eleitorado em Campo Grade. (Foto: Marcos Ermínio)

Apesar da disputa mais acirrada, o segundo turno das eleições 2014 em Mato Grosso do Sul, realizado em meio a feriadão do funcionalismo público, caminha para maior abstenção.

Em Campo Grande, o cenário de filas do primeiro turno, realizado em 5 de outubro, foi substituído por calmaria em muitos locais de votação. Na primeira etapa, a abstenção foi de 20,53%, ou seja, 373.191 eleitores não compareceram às urnas no Estado.

Com 10 seções, a escola estadual Lúcia Martins Coelho tem ritmo tranquilo de votação na manhã deste domingo. A situação surpreendeu o empresário José Eduardo, 45 anos. “Peguei uma fila enorme para votar no primeiro turno. Agora, não tinha ninguém. Acho que é por causa do feriado”, diz.

A baixa procura também é constatada por Rafael Menezes, mesário voluntário do TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral). “O movimento está bem menor. No primeiro turno, foi o mesmo fluxo de manhã e tarde, bem constante. Agora está bem mais calmo, menos gente”, diz.

 

Jakeline diz que na seção onde é fiscal poucos eleitores compareceram até às 12 horas. (Foto: Alcides Neto) Jakeline diz que na seção onde é fiscal poucos eleitores compareceram até às 12 horas. (Foto: Alcides Neto)

O mesário Ricardo Farias afirma que o número de eleitores é menor do que em 5 de outubro. Mas conta que muitos faltosos do primeiro turno compareceram à urna neste domingo. “Pode ser que tenha gente que aproveitou o feriado para viajar e ter vindo votar”.

Na escola estadual Teotônio Vilela, maior colégio eleitoral de Campo Grande, a equipe da Justiça Eleitoral também avalia que o movimento é mais fraco. Em escolas das Moreninhas, segundo bairro mais populoso da cidade, se repete o quadro de baixa procura do eleitorado.

“O movimento é muito pequeno. Ou vão deixar para votar mais tarde ou não vão votar”, salienta Simone Souza Costa Kirch, 34 anos, presidente de seção na escola Arlindo de Sampaio Jorge.

A presidente da seção, Simone, avalia o movimento como bem inferior ao primeiro turno. (Foto: Alcides Neto)A presidente da seção, Simone, avalia o movimento como bem inferior ao primeiro turno. (Foto: Alcides Neto)

“No primeiro turno estava mais cheio, com movimento maior. Não tem muita gente votando”, relata a fiscal de seção Jakeline Braga, 21 anos, sobre a baixa procura dos eleitores.

No colégio Célia Naglys, também nas Moreninhas, a presidente de seção Neuza Fernandes Alves, 50 anos, conta que amentaram as justificativas. “Pode significar que muita gente está viajando”.

O governo estadual decretou ponto facultativo aos servidores amanhã, ampliado o feriado do Dia do Servidor, comemorado na terça-feira. A medida foi seguida por prefeituras, como a de Campo Grande. Neste domingo, o sul-mato-grossense vota para governador e presidente.

Apesar do feriadão, o TRE-MS (Tribunal Regional de Mato Grosso do Sul) acredita que não irá aumentar o índice de abstenção de votos. O número de faltosos só será conhecido após a totalização dos votos.

Câmara adia de novo votação da PEC que cria distritão e fundo eleitoral
Após várias tentativas de votação nesta terça-feira (22), a análise da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 77/03, que altera o sistema político-e...
Câmara aprova parcelamento de dívidas de Estados e municípios com o INSS
A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira, 22, em plenário, a medida provisória 778/2017, que permite Estados e municípios parcelarem...
Votação da PEC do fim das coligações será retomada nesta quarta-feira
A Comissão Especial da PEC 282/2016, que propõe o fim das coligações partidárias e estabelece cláusula de barreira, teve que suspender o processo de ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions