A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

27/06/2014 16:30

Em reunião com produtores, Azambuja acusa "setores" de inviabilizar agronegócio

Lidiane Kober

Na véspera da homologação de sua candidatura à sucessão do governador André Puccinelli (PMDB), o deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) conversou com produtores rurais, em Campo Grande. Ele destacou a necessidade de o País se livrar de “setores extremamente ideológicos, que tentam a todo custo inviabilizar o agronegócio no Brasil”.

Segundo o parlamentar, os setores são “economicamente fortes e representados por determinadas Organização Não-Governamentais que possuem grande influência no Governo Federal. “São segmentos que tentam a todo custo inviabilizar o agronegócio no Brasil”, disse o pré-candidato.

A estratégia da entidades, na visão do pré-candidato é provocar “instabilidade jurídica no âmbito do agronegócio”. “Felizmente, mesmo com essas dificuldades, temos conseguido alcançar recordes de produtividade todos os anos, influenciando fortemente no PIB (Produto Interno Bruto) nacional”, ponderou.

Mesmo assim, o tucano cobrou mais apoio do Governo Federal ao setor. “Alcançamos recorde de produção, apesar de os pilares do desenvolvimento regional terem sido implementados há mais de 20 anos, o que reforça a necessidade urgente de mais investimentos”, ressaltou.

Ainda no evento do Sindicato Rural de Campo Grande, na noite de ontem (26), Azambuja recebeu apoio da classe ruralista e se comprometeu a trabalhar firme pelo fim da insegurança jurídica que, para ele, prejudica o agronegócio.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions