A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

15/11/2011 20:01

Bancada apresenta ao PPA emendas que preveem quase R$ 7 bi para o Estado até 2015

Edmir Conceição
Deputado Geraldo Resende, coordenador da bancada federal, apresenta balanço das emendas de MS ao PPA 2012-2015.Deputado Geraldo Resende, coordenador da bancada federal, apresenta balanço das emendas de MS ao PPA 2012-2015.

Emendas da bancada federal ao PPA (Plano Plurianual)prevêem R$ 6,9 bilhões de investimentos em Mato Grosso do Sul até 2015. A bancada apresentou cinco emendas coletivas. Além disso, cada parlamentar pode apresentar até dez emendas individuais. Dessas, seis foram destinadas para propostas de consenso. Segundo o coordenador da bancada federal, deputado Geraldo Resende (PMDB-MS), a emenda mais expressiva destina R$ 2,5 bilhões à expansão da malha ferroviária. O objetivo é acelerar o projeto de interligação da Ferroeste, garantindo acesso dos produtos de MS a portos no Paraná.

As obras de adequação da capacidade da BR-163 podem receber até R$ 1,2 bilhão por meio de emendas ao PPA. Além disso, outros R$ 700 milhões foram destinados para a construção da BR-419. Os parlamentares também querem destravar a Sul Fronteira. Eles destinaram R$ 150 milhões para a implantação de infraestrutura social e produtiva na faixa de fronteira, nos trechos que interligam Ponta Porã, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Paranhos e Sete Quedas.

A bancada também quer a adequação da prestação de serviços aeroportuários e a capacidade de processamento de aeronaves, passageiros e cargas à demanda atual e, também, futura. Para tanto, estão sendo programados R$ 500 milhões.

Para a área da saúde, emenda de R$ 400 milhões busca garantir o acesso a serviços de qualidade, 'com igualdade e tempo adequado para o atendimento'. Outras emendas da bancada destinam R$ 300 milhões a programas urbanísticos.

Ao programa de inovações na agropecuária e recuperação de áreas degradadas estão sendo programados R$ 150 milhões. Nessa mesma linha, emendas R$ 400 milhões deverão promover a implantação e modernização da infraestrutura de apoio à produção agropecuária. Para promover a sanidade na agropecuária, os deputados pedem R$ 400 milhões em emendas.

Emenda no valor de R$ 200 milhões é destinada a projeto de modernização da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions