A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

01/06/2013 10:04

Entidades exigem que PF libere 18 índios presos e promete mobilização

Zemil Rocha

Manifesto divulgado por entidades dos movimentos religiosos, sociais e populares pede a imediata liberação dos 18 indígenas presos pela Polícia Federal após o confronto na desocupação da Fazenda Buriti, em Sidrolândia, que estava na posse dos terenas. As entidades, entre as quais a Comissão Pastoral da Terra, Conselho Indigenista Missionário, Central Única dos Trabalhadores e Fetems, prometem intensas mobilizações para conseguir esse objetivo.

“Chamamos aos trabalhadores do campo e da cidade, estudantes, camponeses, indígenas e quilombolas a se somar ativamente às Jornadas Unitárias de Lutas que vão acontecer no Estado nos próximos dias, para repudiar a violência, defender a vida, exigir a demarcação das terras indígenas e quilombola, a implementação de reforma agrária no Estado, para repudiar o latifúndio e o agronegocio, lutar contra o agro-capital e atuar ativamente em defesa da soberania popular”, diz o manifesto.

Na mensagem, os movimentos reafirmam sua “irrestrita e incondicional solidariedade com o Povo Terena” e alega que a ocupação da Fazenda Buriti foi uma responsta à “inação e recuo do Estado e Governo Brasileiro de sua obrigação em fazer cumprir a Constituição Federal no que respeita à demarcação dos territórios indígenas no Estado”. Argumentam que trotou-se de um “legítimo ato de defesa de seus direitos consuetudinários e constitucionais, retomando as áreas que lhes pertence historicamente”.



Esse é o respeito ao nossos governantes!!
 
Caio Prado em 03/06/2013 08:48:52
quero ver se esses indígenas vão produzir alimentos para tratar das pessoas que fazem parte das entidades que os defendem. Falam mal dos produtores rurais mas não vivem sem arroz ,feijão e carne e demais alimentos.
 
alex arruda em 01/06/2013 20:47:16
Interessante. País sem Lei. Entidades mandam e desmandam no país, na justiça ... no desGoverno. Depois de rasgarem a nossa Constituição Federal,...não duvido de mais nada... até de uma revolução interna.
 
Eduardo Semir em 01/06/2013 15:37:28
Pois é, Samuel Terena, estas " entidades" estão exigindo , AGORA (01/06/2013 10:04 - data notícia), a liberação de quem? dos que já foram liberados faz vários dias???? tá complicado.
então Samuel nenhuma "entidade" aguardou a liberação na madrugada do fato???
 
Sergio Elias em 01/06/2013 13:08:57
O mundo passa fome, a terra é de quem a cultiva e planta.
 
João de Paula em 01/06/2013 12:41:46
Tenho a impressão que no dia dos fatos essas entidades sociais estivessem dormindo e só agora estão lendo os jornais atrasados. Os inocentes detidos ficaram na DPF por 5 horas e na madrugada fria a PF os liberaram na frente da DPF e quem os esperava não foi nenhuma entidade social e apenas servidor da FUNAI Jorge os aguardava. O movimento é louvável, mas tem que se atualizar.
 
samuel gomes TERENA-campo grande em 01/06/2013 12:13:12
Minha total solidariedade a esta causa! Chega de truculência policial covarde e gratuita, de perpetuação da miséria e da exclusão das populações indígenas, de concentração de terras improdutivas nas mãos de latifundiários, e de falta de vontade política para a demarcação das terras indígenas, o que se arrasta há mais de 20 anos...!
 
Roberto Ferreira Filho em 01/06/2013 11:47:02
Se não fosse o latifundio, e o agronegócio esse pais tava na miseria ainda!! o Brasil é naturalmente produtos de alimentos.“Chamamos aos trabalhadores do campo e da cidade, estudantes, camponeses, indígenas e quilombolas" a trabalhar,produzir,não vender as terras,como todos sabem que acontece!! Chega de hipocrisia!!!
 
Caio Prado em 01/06/2013 11:03:02
Nunca na história desta nação os governantes tiveram a preocupação de resolver os problemas dos povos indigenas que se arrastam desde o" descobrimento" do Brasil. No poder hoje,está o partido que representa as esquerdas se proclama o salvador das minorias e tem a solução para todos os problemas sociais, não considerando o custo material, e principalmente moral de suas ações para a nação brasileira. Erros do passado não podem ser resolvidos da noite para o dia, ha de se respeitar a Constituição, manter a ordem,escolher pessoas e representantes que possam lutar por uma solução definitiva,que traga ao povo brasileiro, segurança jurídica,onde brasileiros se sintam acolhidos, livres para produzir para seu sustento e fartura nas mesas de nossas familias brasileiras, sem distinção de raça/cor.
 
rommel yatros em 01/06/2013 10:51:50
Uma sugestao a essas entidades por que eles nao doam suas casas e se juntam comprem terras aos indios que eles tanto defendem, a Igreja Catolica por exemplo tem muitas terras espalhadas por todo territorio nacional e porque nao doam essas terras que eles nunca pagaram por essas elas e alem do mais essas entidades se julgam acima da Lei, porque eles nao vao catar coquinho e parar de fazer politicagem barata em cima dos produtores rurais e indigenas.
 
Karlos Alvarez Filho em 01/06/2013 10:45:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions