ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 24º

Política

Equipe de transição liderada por Barbosinha entrega relatório a Reinaldo

Documento também foi para mãos de presidentes da AL, TJ e TCE-MS

Jéssica Benitez | 19/12/2022 13:34
Entrega do relatório da comissão de transição (Foto: Saul Schramm/Assessoria)
Entrega do relatório da comissão de transição (Foto: Saul Schramm/Assessoria)

Relatório final costurado pela equipe de transição do governador eleito Eduardo Riedel (PSDB) foi entregue ao atual chefe do Executivo Reinaldo Azambuja (PSDB) no fim da manhã desta segunda-feira (19). Os trabalhos foram liderados pelo vice-governador eleito e deputado estadual cumprindo fim de mandato, José Carlos Barbosa (PP).

A entrega estava prevista para a última sexta-feira (16), mas conforme apurou o Campo Grande News naquele mesmo dia, a comissão ficou reunida até o cair da noite, ficando para esta segunda-feira a transmissão às autoridades.

A transição ocorre toda vez que há troca de gestor. É de praxe que para isso seja nomeada uma comissão responsável por analisar os dados e receber da gestão em atividade informações que serão necessárias para que o Executivo continue em andamento mesmo com novo líder.

“Essa é uma reunião muito importante e simbólica para registrar não apenas a qualificação dessa equipe de transição, mas também o grande trabalho e os excelentes resultados de gestão alcançados pelo governo Azambuja”, afirmou Barbosinha durante a entrega.

Azambuja, por sua vez, avaliou que a transição ocorreu de forma “tranquila e pacífica” porque o Estado cumpre suas obrigações, desta forma, não há entrave a ser resolvido pela administração que tomará posse dia 1° de janeiro de 2023.

Também estiveram presentes: o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Paulo Corrêa (PSDB), presidente interino do TCE (Tribunal de Contas do Estado) conselheiro Jerson Domingos, presidente do TJ (Tribunal de Justiça), desembargador Carlos Eduardo Contar, defensora pública-geral Patrícia Cozzolino e ao Procurador-Geral de Justiça Alexandre Magno.

Nos siga no Google Notícias