ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SÁBADO  25    CAMPO GRANDE 14º

Política

Governador diz que aceita algumas das emendas a PEC da Previdência

Adriano Fernandes e Tainá Jara | 04/12/2019 20:18
À esquerda, governador Reinaldo Azambuja ao lado do desembargador Paschoal Carmello Leandro. (Foto: Kisie Ainoã)
À esquerda, governador Reinaldo Azambuja ao lado do desembargador Paschoal Carmello Leandro. (Foto: Kisie Ainoã)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) informou que deve aceitar algumas das emendas dos deputados estaduais a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) da reforma da previdência estadual, proposta pelo Governo de Mato Grosso do Sul. O projeto tramita na Assembleia e já tem 26 emendas.

“Algumas irão ser acatadas e outras o parlamento deve rejeitar. Acredito que a maioria das emendas foram consensuais”, comentou. Metade das mudanças sugeridas a PEC são propostas por representantes de magistrados, conselheiros, promotores e procuradores. A expectativa é de que a emendas sejam analisadas até segunda-feira (9).

A fala do governador ocorreu durante a solenidade de comemoração dos 40 anos do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul, em que ele também foi um dos homenageados, na noite desta quarta-feira (04). Reinaldo recebeu o Colar do Mérito Judiciário, a mais alta homenagem a pessoas que colaboraram com o Poder Judiciário. 

Solenidade de comemoração dos 40 anos do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul. (Foto: Kisie Ainoã)
Solenidade de comemoração dos 40 anos do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul. (Foto: Kisie Ainoã)

O evento foi marcado por homenagens aos que ajudaram a construir a história do judiciário do Estado. Também na mira de polêmicas em relação a reforma e, após proposta de aumento de até 33% nos salários, ao ser questionado pela imprensa, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Paschoal Carmello Leandro, disse que a noite não era para falar desse "tipo de assunto".

Ele preferiu levantar os pontos positivos do Judiciário. “O poder judiciário de Mato Grosso do Sul cresceu junto com o Estado e se desenvolveu graças a dedicações de diversos desembargadores. Hoje é uma satisfação saber que somos um tribunal de vanguarda, moderno, copiado por todo o país devido a qualidade do nosso trabalho, das instalações e ferramentas criadas para informatizar o judiciário”, comentou.

O evento também teve a entrega da Comenda Comemorativa dos 40 anos aos integrantes do Tribunal Pleno e alguns desembargadores aposentados. Também foram premiados servidores e magistrados da Capital e do interior além de representantes do Ministério Público, Defensoria Pública, polícias Civil, Militar, federal, rodoviária federal, Aeronáutica, Exército e empresários.

Durante a solenidade também foi entregue o Colar do Mérito Judiciário, a ministros, desembargadores, procuradores e pessoas que colaboraram com o Poder Judiciário ao longo da sua trajetória.

Nos siga no Google Notícias