A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

22/04/2010 11:29

Jerson: "Zeca é candidato mais pelo ódio que pela razão"

Redação

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, Jerson Domingos (PMDB), fez declarações polêmicas hoje acerca do projeto político de Zeca do PT.

Segundo ele, o ex-governador será candidato este ano "mais pelo ódio do que pela razão".

"Acho que ele será candidato mais pelo ódio do que pela razão, porque administrativamente ele não tem argumentos que justifiquem, que contraponham a popularidade do André", declarou.

Para sustentar seu pensamento, Jerson fez comparações dos feitos de Zeca com as ações de André Puccinelli (PMDB).

Disse, por exemplo, que a construção de mais de 40 mil casas populares no atual governo "é uma marca insuperável".

Questionado sobre a grande quantidade de recursos federais aplicados na construção dessas casas, Jerson rebateu. "O Zeca é amigo pessoal do presidente Lula e mesmo assim não conseguiu mais recursos que o André, prova da capacidade administrativa do nosso governador", cutucou.

Segundo Jerson, Zeca não conseguiu em 4 anos de governo Lula a quantia de verbas federais garantidas pelo atual governador em três anos e meio de administração.

Conforme o presidente da Assembleia, o atual governo asfaltou muito mais que o anterior e também fez um trabalho superior na área social.

Ele citou como exemplo as escolas construídas e as patrulhas mecanizadas distribuídas nas aldeias indígenas, o programa "Vale Renda"

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions